quarta-feira, 8 de julho de 2020

URGENTE: Deputado Otoni anuncia saída da liderança do Gov. Bolsonaro após críticas a Alexandre de Moraes, do STF




Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Otoni de Paula, aliado do presidente Jair Bolsonaro, anunciou a saída da liderança do Governo Bolsonaro e explicou as pressões e retaliações após um vídeo em que, indignado, ele enfrentou Alexandre de Moraes, ministro do STF.




Otoni relatou: “Fiz um vídeo em que manifestei toda a minha indignação contra o ministro Alexandre de Moraes, do STF. Quando soube da decisão de Moraes em manter Oswaldo Eustáquio preso, ainda que liberto. Ele o proibiu de usar as redes sociais. Oswaldo tem, nas redes sociais, a fonte de alimento para sua família. Ele impediu Oswaldo de colocar o pão de cada dia na mesa de sua família”.

No ensejo, ele ressaltou que decidiu sair da liderança do Governo Bolsonaro para poupar o presidente. O parlamentar expôs: “Eu fiquei indignado, mostrei minha indignação, talvez tenha usado adjetivos que não deveria usar. Eu não volto atrás em minha indignação. Talvez, se eu não estivesse movido por tanta revolta, eu não teria usado alguns adjetivos. Por causa dessa live, o Planalto começou a sofrer pressão. Usando a minha fala como se eu estivesse falando como vice-líder do Governo Bolsonaro. Sabendo desse constrangimento, resolvi ligar para o presidente Jair Bolsonaro e escrevi uma carta pedindo o meu afastamento da liderança do Governo Bolsonaro. Fiz isso para proteger o presidente Bolsonaro de qualquer retaliação”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...