segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Deputado aliado de Bolsonaro retruca após Paulo Coelho pedir boicote às exportações do Brasil



Em pronunciamento na Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado estadual Gil Diniz rechaçou declarações do escritor Paulo Coelho sobre os cristãos brasileiros que apoiam o Governo Bolsonaro. Ademais, ele retrucou a conclamação de Paulo Coelho para um boicote às exportações oriundas do Brasil.

O deputado principiou: “Olhe o que o cidadão foi na rede social postar. Este escritor nem mora mais no Brasil, mas é brasileiro. Ao menos, nasceu aqui. Ele pediu boicote às exportações brasileiras. Ele exerce preconceito religioso contra os cristãos. Esse apátrida desse escritor pede o seguinte: que os países europeus que fazem comércio com o Brasil boicotem a economia brasileira. Isso porque ele não gosta dos cristãos que estão hoje no poder”.

Ademais, o parlamentar expôs os riscos da conduta de Paulo Coelho: “Amanhã, pode ser um presidente, senadores e deputados de quaisquer religiões. Por que comparar cristãos com esse grupo que promove o terror e, pior ainda, pedir boicote à economia brasileira? Sabe o que ele vai conseguir com isso? Milhares de desempregados, destruir muitos empregos e muitas famílias”.

No ensejo, ele deu uma lição para o escritor: “Esse pessoal tem começar a colocar a mão na consciência e ter responsabilidade. A gente sabe que eles não têm, essa galerinha do ‘ele não’. Aceitem, Bolsonaro foi eleito com 57 milhões de votos. Não é boicotando o próprio país que a gente vai conseguir mudar alguma coisa”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...