sábado, 12 de setembro de 2020

General Paulo Chagas aponta conluio de ministros do STF e Alcolumbre: ‘Vendeu a alma’



Em pronunciamento por meio de suas redes sociais, o General Paulo Chagas assestou a existência de um conluio entre ministros do STF e Davi Alcolumbre, presidente do Senado Federal e do Congresso Nacional.

O general pontificou: “Alcolumbre vendeu a alma aos Supremos Comprometidos. Cada um na sua. Cada qual com a sua Espada de Dâmocles sobre a cabeça. Tu me proteges que eu te protejo. Se falhares, vamos todos ‘pro saco’! A espada representa a insegurança daqueles cujo poder pode lhes ser tomado a qualquer momento!”.

Ele criticou, ademais, o estado de degeneração dos poderes da República e as “invasões” do STF: “Embora de forma hipócrita e instável, é a coleção fortemente majoritária de rabos presos que faz com que haja o tal equilíbrio entre os poderes da República e não os tão falados e nunca vistos ‘pesos e contrapesos’. A Suprema Corte brasileira passou a ser a porta-voz dos recados e instrumento das vontades dos partidos de esquerda. Por quê? Gratidão? Reconhecimento? Compromisso? Acordo? Conivência?”.

Consoante o general, ministros do STF parecem agir com “gratidão” por corruptos que os alçaram a posições de poder. Ele declarou: “No combate à corrupção, o resultado final do que decidem os senhores ministros do STF não reflete outra coisa além da gratidão aos que os colocaram ou que contribuíram para que fossem colocados onde estão, sejam eles bandidos condenados, como Lula, ou com contas a acertar, como Renan Calheiros”.

Ademais, Chagas complementou: “A punição a Deltan Dallagnol é mais uma marca do movimento antilavajatista em curso no Brasil. A CORRUPÇÃO, como a FÊNIX, ressurge das cinzas, tratando de vingar-se de seus algozes e de intimidar os que ainda ousam combatê-la. Aplausos para a resiliência de corruptos e comparsas”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...