quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Roberto Jefferson confronta o ministro Alexandre de Moraes, do STF: ‘Com a Globo, amarelou’



Por meio de suas redes sociais, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, confrontou o ministro Alexandre de Moraes, do STF, e avaliou que ele “amarelou” diante da Rede Globo. Moraes acusou um colunista da Rede Globo de mentir, mas, diferentemente do que fez contra cidadãos comuns, não tomou medidas avaliadas como truculentas contra a empresa. 

Moraes emitiu uma nota desmentindo a publicação da Rede Globo: “O Gabinete do Ministro Alexandre de Moraes informa que é absolutamente mentirosa e inconsequente a nota da revista época do colunista Guilherme Amado, que deveria ser mais profissional e ter mais cuidado antes de espalhar fake news. O Ministro Alexandre de Moraes se submeteu ao exame necessário após a posse do Presidente do STF e o resultado foi negativo”.

Jefferson retrucou: “O ministro Alexandre Moraes negou que estivesse com coronavírus e criticou a fake news da revista Época e o colunista Guilherme Amado, que disse que o teste de Moraes teria tido resultado positivo. Por que o ministro não mandou a PF interrogar o jornalista, como fez comigo?”.

No ensejo, ele assinalou: “Alexandre Moraes disse que é ‘mentirosa a nota da revista Época do colunista Guilherme Amado’ de que ele tinha coronavírus, e afirmou que o jornalista ‘deveria ser mais profissional e ter mais cuidado antes de espalhar fake news’. Se fosse Oswaldo Eustáquio tinha mandado prender. A revista Época publicou uma fake news sobre Alexandre Moraes, e ele, o combatente das mentiras nas redes, o que fez? Apenas publicou nota reclamando do jornalista. Se fosse um bolsonarista, tinha mandado prender, confiscar celular, bloquear redes. Com a Globo, o ministro amarelou”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...