quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Paulo Guedes aborda reação contra ‘pesadelo’, explica ‘economia de guerra’ e detona Mandetta



Em pronunciamento no decorrer de debate em comissão mista do Congresso Nacional, Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, explicou o estado de “economia de guerra” que foi incorporado à atividade produtiva do Brasil, abordou como se encerrará o “pesadelo” socioeconômico e refutou Mandetta, ex-ministro da Saúde.

Guedes encetou propondo uma reordenação das despesas públicas: “Nós não podemos covardemente, por desfaçatez, por omissão de enfrentar os verdadeiros problemas brasileiros com o orçamento… Porque nós temos uma história longa de problemas orçamentários. Daí a nossa proposta de desvincular, desindexar, desobrigar as despesas, devolver os orçamentos públicos à decisão política, à classe política”.

Ele acrescentou assestando como fundos criados por “piratas privados” carecem de transparência: “Diminuíram a política aos olhos da população brasileira. Ninguém é responsável pelo orçamento, não é culpa de ninguém, está tudo carimbado, 180 fundos com dinheiro carimbado. Os piratas privados já morreram, o burocrata corrupto já morreu, o político já se aposentou, e ninguém é responsável por aquele fundo. Para onde vai aquele dinheiro, de onde veio?  Então esse reexame que o pacto federativo propõe é incontornável”.

Ademais, ele explicou os motivos pelos quais precisa haver um rígido controle sobre o valor do auxílio emergencial: “Entramos numa economia de guerra. É como se a guerra, em vez de durar um ano, durasse dois ou três anos. É economia de guerra. Vamos entrar! Mas não é o plano A. Não é o que vemos no momento. O que vemos no momento é a doença descendo, é a economia voltando, o auxílio emergencial aterrissando suavemente, veio de 600 para 300. Agora, de 300, volta para a base família, em vez de base indivíduo.

E vamos também atacar justamente o problema do desemprego em massa. Temos que pensar em emprego e renda. O grande desafio. Emprego, tem que piscar a palavra desoneração, desoneração, desoneração. E renda, tem que piscar a palavra Bolsa Família, Renda Brasil, retomada dos empregos, que também trazem a renda. Essa é a nossa... Você veja, a sua pergunta foi perfeita, ritmo e fôlego”.

No ensejo, ele reagiu a ataques de Mandetta ao Governo Bolsonaro: “é um animador de televisão, é um animador de televisão, um inconsequente de falar algo como isso. Nós estávamos trabalhando de manhã, de tarde e de noite para aliviar a crise”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...