sábado, 14 de novembro de 2020

Paulo Guedes escancara como FHC manipulou a economia para ser reeleito e alerta para importância da ‘Revolução Digital’



Por ocasião de debate no Congresso Nacional, Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, advertiu para o risco de políticas populistas, aventou como o governo de Fernando Henrique Cardoso manipulou a economia e queimou bilhões de dólares para se reeleger, além de fazer uma admoestação no que concerne à necessidade de ênfase dos esforços governamentais e sociais para a “Revolução Digital”.

Guedes explanou: “Se eu, por exemplo, quiser afetar os juros, botar os juros artificialmente baixos, dizendo ‘bote aí, vamos dar um empurrão, vamos dar um artifício na economia, vamos anabolizar a economia’...Isso já foi feito no Brasil por vários governos anteriores. Houve um Governo que queimou US$30 bilhões, US$40 bilhões para se reeleger, para ser reeleito, um Governo que, aliás, patrocinou a emenda de reeleição, que foi uma coisa que mudou a história da democracia brasileira. E queimou US$30 bilhões, US$40 bilhões para ser reeleito, depois explodiu o câmbio, e começaram de novo os juros altos, tudo outra vez. Já houve Governo que, da mesma forma, manipulou os juros para conseguir a reeleição, que derrubou juro artificialmente para conseguir a reeleição”.

Ele realçou: “Então, essa manipulação de ferramentas, na verdade, tem que garantir o bem-estar da população brasileira, têm que garantir o poder de compra da moeda, o poder de compra das aposentadorias, para se poder viver sem um regime com dinheiro carimbado. Tudo isso tem a ver com esse aperfeiçoamento institucional de autonomia do Banco Central”.

No ensejo, o ministro expôs como o Brasil poderá ascender economicamente: “O futuro é tecnologia, o futuro é educação. Educação é o que qualifica o capital humano, que é a mão de obra, que é o povo brasileiro. Além de dar um significado de vida diferente, além de proporcionar uma existência mais ampla, mais generosa, além disso tudo, o conhecimento é que é a fonte da riqueza das nações, da competitividade das empresas e da produtividade dos indivíduos. Então, realmente o futuro está em tecnologia, está em educação, é isso mesmo. E nós não estamos resolvendo nem o presente, nós estamos ainda com problema de gerar emprego, enquanto o futuro está ali na frente”.

Neste contexto, Guedes ressaltou como, inclusive, o presidente Jair Bolsonaro foi eleito na esteira da “Revolução Digital” e da democracia digital: “Nós perdemos a primeira Revolução Industrial, nós chegamos bem atrasados. Então, agora vamos mergulhar nesse futuro digital, porque aí estará a solução, na tecnologia. Nós digitalizamos 64 milhões de brasileiros, nós elegemos um Presidente porque somos a terceira maior democracia digital do mundo. Foi na base justamente de redes sociais que o Presidente foi eleito também. Então o Brasil tem um futuro interessantíssimo pela frente nesse espaço digital, e isso está ligado à ciência e tecnologia”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...