quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Senador reage e apresenta PEC exigindo voto impresso: 'Têm medo de quê? Vergonha!'


O senador Plínio Valério, pelas redes sociais, anunciou que proporá uma Proposta de Emenda à Constituição para que o Supremo Tribunal Federal respeite a lei que determinou o voto impresso. Segundo o senador, “depois desta vergonha que foi esta eleição, onde o voto do cidadão não foi respeitado, estamos entrando com uma PEC exigindo que o STF cumpra o que está na lei”. O senador afirmou: “O cidadão tem direito de saber que seu voto foi respeitado. O simples fato da possibilidade desse voto ser auditado, vai frear os criminosos da web ou mesmo sanar eventuais falhas na totalização de resultados. Estamos preparando uma  PEC no Senado para garantir o voto impresso”. No vídeo, o senador questiona os motivos da oposição ao voto impresso. Plínio Valério diz: “Se não quer isso, é porque há mutreta, sim”.

Os senadores Esperidião Amin e Heinze enviaram requerimento ao TSE para que o tribunal não centralize a contagem de votos no segundo turno da eleição. O senador Heinze disse: 

Assinei o requerimento destinado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proposto pelo senador Esperidião Amin (PP-SC), para que o órgão não reproduza o novo método de contagem de votos centralizado no segundo turno da eleição.

Na apuração do primeiro turno, as seções eleitorais enviaram seus dados aos tribunais regionais eleitorais (TREs) que remeteram ao TSE, em Brasília, responsável por anunciar os resultados. Com isso, tivemos muitos problemas durante o processo.

É preciso retomar o procedimento de apuração, com participação efetiva dos TREs. O atraso do resultado, neste primeiro turno, foi de mais de duas horas. Temos sido exemplo de agilidade e não podemos retroceder.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...