quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Advogado faz discurso impactante no STF e aponta que vacinação compulsória viola direitos fundamentais


O Supremo Tribunal Federal iniciou o julgamento conjunto de diversas ações que debatem a possibilidade de tornar obrigatória a vacinação contra a covid. O diretor jurídico do PTB, Luiz Gustavo Pereira da Cunha, defendeu que a vacinação não pode ser obrigatória, porque isso representaria uma violação de direitos fundamentais protegidos pela Constituição. O advogado apontou ainda que, no caso específico, as vacinas que estão em desenvolvimento ainda não têm eficácia comprovada. [z24] Cunha apontou que tornar obrigatória uma vacina ainda sem comprovação equivaleria a um verdadeiro teste em massa. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...