quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Coronel Tadeu destroça Doria, refuta Estadão, defende Bolsonaro e aponta ‘quadrilhas’ de Lula, Dilma e Temer


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Coronel Tadeu criticou severamente João Doria Júnior, governador de São Paulo, defendeu o presidente Jair Bolsonaro de ataques da imprensa e assestou como os governos de Lula, Dilma e Temer foram dominados por “quadrilhas”.

O parlamentar encetou: “A maldita imprensa, que adora falar mal do Governo Bolsonaro, disse que o desemprego bateu recorde. É óbvio, essa pandemia fez com que muitos pontos de comércio, indústria e empresas de serviço fechassem e mandassem o pessoal embora. O desemprego já estava em cima. Segundo o IBGE, o desemprego está na casa de 14 milhões de desempregados. O mesmo número que estava em janeiro de 2019. Ou seja, quando o presidente Jair Bolsonaro assumiu o governo dele. Em um ano, já estávamos na casa de 12 milhões, um número bem menor”.

No ensejo, ele acrescentou: “No mês passado, criamos 414 mil vagas, o quinto mês seguido em que conseguimos superar. Aí, vem o João Doria, que quer prejudicar, ele é estratégico. Ele pensa: ‘Não posso deixar o Bolsonaro criar emprego, não posso deixar que ele divulgue’. O que ele faz? Fecha tudo”.

Ademais, ele retrucou manchetes do jornal O Estado de S. Paulo que denigrem o presidente Jair Bolsonaro: “O Estadão coloca em suas manchetes que Bolsonaro é o pior presidente do Brasil. Os outros foram melhores? Lula, com toda a sua quadrilha, foi melhor? Dilma foi melhor? Temer, que fez dois anos de governo e ainda foi preso, foi melhor? Dilma teve os seus ministros denunciados na Operação Lava Jato. Esses presidentes, que tiveram essas quadrilhas, foram melhores que Bolsonaro, que está há 24 meses sem corrupção? Tenho um projeto para tornar o crime de corrupção imprescritível”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...