sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Jornalista preso a mando de Alexandre de Moraes passa Natal no hospital e esposa informa sobre sua saúde


A esposa do jornalista Oswaldo Eustáquio, Sandra Terena, divulgou informações sobre o estado de saúde do jornalista. Em uma transmissão com a ativista Sara Winter, presa no mesmo inquérito, Sandra relatou que ainda não pôde ver o marido, mas um agente penal informou que ele consegue mover uma das pernas, e a outra permanece amortecida. Ela explicou que o jornalista teve uma lesão na coluna e ainda não há clareza sobre o prognóstico. Segundo Sandra Terena, ainda não foi decidido o tratamento para buscar a recuperação do movimento das pernas.

Na noite da véspera de Natal, Sandra Terena publicou fotografias da família e disse: “Neste natal o lugar do meu marido Oswaldo vai estar vazio na nossa mesa. Mas a imagem que vai ficar na minha memória será a dos nossos filhos mandando uma mensagem de amor para o pai. Você é um grande homem. Te amamos!”. Ela também disse: “Nesta noite de Natal eu e nossos filhos agradecemos a Deus por segurar nas nossas mãos, por ter nos sustentado até aqui. Intercedemos pela vida e pronta recuperação do nosso querido Oswaldo, que está sempre presente em nossos corações. Feliz Natal!”

Outros presos também comentaram sobre seu dia de Natal. Renan Morais, em prisão domiciliar há mais de seis meses, publicou um vídeo com uma música natalina, mostrando sua tornozeleira eletrônica. Em postagem anterior, o ativista resumiu: “Sobre a prisão do Eustáquio, também da Sara Winter, Érica, Arthur, MitoShow, Daniel e minha... Não é o caso de um erro da Justiça não! É que o devido processo legal não está sendo seguido. Estamos presos sem acusação, sem indiciamento, sem qualquer justificativa plausível. Estamos em um limbo, totalmente nas mãos do STF que não está seguindo o processo legal e, por isso mesmo, não temos nem a possibilidade de nos defendermos. É uma situação bizarra. O que eu mais escuto de todos os advogados que tomam conhecimento de detalhes: "é um absurdo!"

Érica Viana, em prisão domiciliar no Distrito Federal, disse, pelas redes sociais: “Enquanto milhares de bandidos estão nas ruas, eu vou passar o Natal a mais de mil quilômetros de casa, longe da família, do lar, por não ter cometido nenhum crime. Mas tenho fé de que o Verbo Encarnado novamente trará libertação para o seu povo!”. Ela lembrou: “Prisão domiciliar não tem a aparência insalubre da cela (dependendo de onde a pessoa mora), mas é prisão”. Érica questionou: “Existe possibilidade de indulto de Natal para quem está preso sob inquérito??? Ou só para bandido?”

Em postagem anterior, Érica Viana relatou: 

Diante dos fatos e sem suporte de nenhum dos nossos representantes constituídos em legitimidade, peço ajuda para manter-me presa.

Há seis meses sem saber o motivo, sem acusação, sem processo criminal e sem pena, fui levada para a carceragem da Polícia Federal do Distrito Federal.

No dia seguinte, eu fui transferida de camburão para a penitenciária feminina Colmeia, onde passei oito longos e duros dias como se fosse um lixo humano. 

Após esse período fui carregada algemada com as mãos para trás até o CIME, onde as autoridades instalaram uma tornozeleira eletrônica e informaram que cumpriria prisão domiciliar em Brasília com uma extensa lista de restrições. 

Durante o percurso o camburão onde eu estava foi escoltado por comboio e helicóptero como se fosse uma criminosa extremamente perigosa para a nação. 

Portanto, aqui estou sem saber quando isso terá fim e como será.

Minha vida foi toda revirada de cabeça pra baixo.

Minha família tem muitos idosos.

Não tenho condições de fazer planos. Acredito ser impossível voltar a minha rotina normal, até por conta da Pandemia, constrangimento, ameaças a minha segurança física, e ataques de pânico que já venho sentindo.

 Apesar de possuir residência fixa desde que nasci em Campos, e ser servidora pública estatutária no município, não fui autorizada a voltar pra casa ainda.

E vocês já sabem que não dá pra contar com aqueles que elegemos.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...