domingo, 20 de dezembro de 2020

Ministro de Bolsonaro, Ernesto alerta para 'grupo de iluminados' que pretende controlar os cidadãos


Durante discurso de fim de ano a embaixadores estrangeiros, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, alertou sobre os planos de um grupo restrito para o “mundo pós-covid”. 

O ministro Ernesto Araújo mencionou o chamado “great reset” e alertou: “Temos que ter muito cuidado”. Araújo questionou o nível de democracia incluído nesse tipo de plano, perguntando: “quem toma as decisões? Quem vai dizer o que é esse great reset? Um grupo de iluminados?”.

Ernesto Araújo explicou que nenhum grupo de pessoas pode se arvorar os poderes para criar “essa espécie de despotismo esclarecido globalista”, sem levar em consideração os interesses dos indivíduos e dos povos. O ministro relatou que tem participado de algumas reuniões sobre o tema, organizadas sobretudo pelo Fórum Econômico Mundial, e o que se propõe nessas reuniões inclui vários objetivos louváveis, mas não trata de democracia nem de liberdade. Araújo disse: “Me impressiona muito que nessas discussões nunca se fala de liberdade nem de democracia”. E questionou: “Quem vai apertar o botão? Quem autorizou alguém a apertar esse botão e definir o que será o great reset?”.

O ministro relatou que, nesse grupo, fala-se muito de um mundo mais verde, mais igualitário, mais bonito, mas “ninguém fala que será um mundo mais livre”. E acrescentou: “e tem que ser um mundo mais livre. Sem liberdade, não haverá desenvolvimento sustentável, não haverá outro bem que se sustente e ao mesmo tempo respeite a liberdade e a dignidade humana”. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...