segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Senador, deputados e jornalistas se revoltam após Alcolumbre arquivar impeachment de ministros do STF


Como um de seus últimos atos na presidência do Senado, Davi Alcolumbre arquivou os pedidos de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal, que limitou-se a empilhar ao longo de seu mandato. O arquivamento em massa causou revolta entre parlamentares e cidadãos. 

O advogado Oduwaldo Calixto, autor de um dos pedidos, afirmou: “no dia seguinte à posse do novo presidente,  protocolo novamente o meu pedido contra o Alexandre de Moraes”. 

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, afirmou: “Alcolumbre resolveu de uma canetada só arquivar todos os pedidos de impeachment de ministros do STF que estavam parados em sua mesa. Fez isso pra que o próximo presidente não possa cumprir o Regimento e colocar os pedidos para andar. Um último ato que confirma o anão balofo que é. Entre os pedidos de impeachment arquivados por Alcolumbre está o do PTB. O partido apresentou pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes. A iniciativa de Alcolumbre apenas atrasou nossa ação. Em fevereiro vamos reapresentar nosso pedido de impeachment nas mesmas bases. Alcolumbre não sossega em seu apetite desmesurado por poder. Além de eleger seu sucessor, agora quer ser vice-presidente do Senado. Ou seja, quer DEM na presidência e na vice. Não há perigo de conseguir isso. O Batoré vai morrer de novo na praia”.

O investidor Leandro Ruschel comentou: “Alcolumbre arquivou, no último dia do ano legislativo, todos os pedidos de Impeachment de ministros do Supremo. O ciclo destruidor da República se fecha: senadores são protegidos pelos ministros, e estes são protegidos pelos senadores. Quem reclama, recebe visita da PF”.

Henrique Oliveira, do Movimento Brasil Conservador, lamentou: “ALCOLUMBRE arquivando pedidos de impeachment contra ministros do STF. SE (eu disse SE) tivéssemos um SENADO com vergonha na cara, teríamos - dez novos pedidos para cada um arquivado; - senadores pressionando muito o publicamente para que os pedidos fossem pautados. Mas…”.

Ele acrescentou:“No Brasil: Senadores julgam ministros do STF; Ministros do STF julgam Senadores. É a perfeita fórmula do fracasso! Nasceu pra dar errado! "Não mexam conosco que não mexemos com vocês"”. 

A advogada Raquel Stasiaki afirmou: “Antes de sair da Presidência do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP) arquiva 57 pedidos de impeachment contra Ministros do Supremo. O STF agradece!”.

A jornalista Fernanda Salles ironizou: “Alcolumbre arquiva TODOS os pedidos de impeachment contra ministros do STF. Os atores de teatro que interpretam aquela peça em que as instituições funcionam harmonicamente em uma plena democracia seguem fazendo você, cidadão comum, de palhaço!”. Ela questionou: “Será que teremos um jantar com muita lagosta para comemorar o arquivamento dos pedidos de impeachment contra os ministros do supremo? As instituições são harmônicas, trouxa!”.

O senador Kajuru compartilhou a notícia do arquivamento e afirmou: “VIVER AQUI COMO SENADOR É A MAIOR DEPRESSÃO DO MUNDO!!! COMO CONVIVER COM ESTE HOMEM?” Ele acrescentou: “GAMBÁ CHEIRA GAMBÁ!!!”

O deputado estadual Coronel Sandro disse: “Expectativa: Alcolumbre é amigo do governo e vai pautar pedidos de Impeachment contra os Ministros do STF que atacam Jair Bolsonaro. Realidade: Alcolumbre arquiva todos os pedidos de impeachment contra ministros do STF. O tempo mais uma vez refutando a mentira”.

O diretor jurídico do Instituto Nacional de Advocacia, Pierre Lourenço, afirmou: “Se as urnas eletrônicas elegerem os políticos que a maioria do povo quer, serão eleitos senadores honestos que tocarão para frente o impeachment dos ministros do STF, e por isso o STF faz questão da eleição de políticos com processos no STF, para que eles sejam mantidos no Poder”. 

O deputado Jessé Lopes disse: “Alcolumbre deu um presente de feliz ano novo ao STF: arquivou TODOS os 36 processos de IMPEACHMENT contra os togados, incluindo 17 somente para Alexandre de Moraes, livrando os ministros de encontrarem a Justiça. Tudo junto e misturado... É lamentável!”

O deputado federal Otoni de Paula criticou Alcolumbre e admoestou: “Gostando ou não do Alcolumbre, uma coisa temos que admitir, enquanto foi presidente ele teve lado. Mas claro que não é o lado do povo. Se quisermos renovar o STF, precisamos votar em homens íntegros para o único poder capaz de julgar ministros da Suprema Corte - o Senado Federal”.

Seu Mizuka, do canal Seu Mizuka, ironizou: “Que novidade… Alcolumbre arquiva todos os pedidos de impeachment contra ministros do STF…”. Ele comentou: “O TEATRO da ‘DEMOCRACIA’ está a todo vapor!”.

Ao dissecar a atuação do STF, o jornalista J.R. Guzzo, no artigo “Supremo dá as ordens”, pontificou: “Juízes, em qualquer país decente, têm a obrigação de ser imparciais. No Brasil é exatamente o oposto: O STF se transformou num partido político, com militantes, facções internas e todo o resto”.

O Jornal da Cidade Online classificou os arquivamentos como “O presente de Natal de Alcolumbre para os ministros do STF” e relatou: “Silenciosamente e no último dia do ano legislativo, o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, arquivou todos os pedidos de impeachment contra ministros do STF. Literalmente, jogou na lata do lixo. Aproveitou o embalo e também pôs no lixo dois pedidos de impeachment contra o procurador-geral da República. Foram 38 pedidos de impeachment contra os magistrados e o PGR. O principal alvo dos pedidos era o ministro Alexandre de Moraes, 17”.

O deputado Daniel Silveira comentou: “Tudo arquivado e "dominado"... uma casa que há décadas tem uma maioria com o "rabo preso"”.

Pierre Lourenço, Diretor jurídico do INAD - Instituto Nacional de Advocacia, disse: “Se na saideira da presidência do Senado, Alcolumbre ARQUIVOU os impeachment's contra os ministros do STF, a tendência é que Rodrigo Maia, na saideira da presidência da Câmara, APROVE os impeachment's contra o Presidente Bolsonaro, por vingança e para pagar o apoio do PT”.

O advogado Wander Fabrício protestou: “Poder Legislativo, representantes do povo? Lógico que não, estamos no final da fila na ordem dos interesses. Davi Alcolumbre, na calada da noite, sorrateira e covardemente ARQUIVOU TODOS os pedidos de impeachment dos "deuses" do STF, é ou não é muito generoso esse "homem"?”.

Cristyan Costa, da Revista Oeste, relatou: “Do total, 36 ações miravam os juízes do STF — sendo 17 só nas costas de Alexandre de Moraes, relator do inquérito inconstitucional das fake news e da investigação ilegal que apura supostos atos antidemocráticos”.

Ravox, do Ravox Brasil, comentou: “Alcolumbre arquivou todos os pedidos de impeachment contra ministros do STF. Surpresa Zero. Ele está ‘cumprindo’ com a sua ‘função’".

O policial militar catarinense Wellington Miguel indignou-se: “Uma vergonha a atitude do Davi Alcolumbre de arquivar os pedidos de impeachment dos ministros! Por que fez isso? Quais os reais motivos? Absurdo o que esses políticos fazem no Brasil! Um dos maiores males para o Brasil é a existência de pessoas como Alcolumbre na política! Nojo!”.

O delegado Quezado citou: “O presente de Natal de Alcolumbre para os ministros do STF. Silenciosamente e no último dia do ano legislativo, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, arquivou todos os pedidos de impeachment contra ministros do STF. Literalmente, jogou na lata do lixo”. 

A advogada Cláudia Duarte e Trinca, uma das diretoras da União dos Advogados do Brasil (UNAB), indignou-se: “Nossa República está muito doente. Não há tripartição dos poderes e a corrupção continua solta nesta velha política. Temos que lutar contra isso, precipuamente agora que haverá eleições para os próximos Presidentes da Câmara e do Senado. O Alcolumbre, infringindo o próprio regimento interno, quedou-se inerte e engavetou vários impeachments e nada aconteceu. Que país é este!!!”. Ela acrescentou: “Ele não coloca nem para apreciação, o certo pelo regimento interno era ir para a Mesa do Senado. E mesmo se fosse arquivado, caberia recurso”. Trinca disse: “Enquanto o país não tiver um Senado funcionando e controlando o judiciário, aliás sua função institucional, o país não terá jeito”. Ela também informou que a UNAB fará uma super live com os senadores Lasier Martins, Eduardo Girão e Paulo Generoso no próximo dia 6, às 19:00, e posteriormente a UNAB estudará as medidas judiciais pertinentes. 

O colunista Maurinho Bueno avaliou: “Alcolumbre arquiva todos os pedidos de impeachment contra ministros do STF. Canalhice que impera!”.

A deputada federal Carla Zambelli relatou: “36 ações de impeachment que miravam os juízes do STF, sendo 17 só para o Alexandre de Moraes, relator do inquérito inconstitucional das fake news e da investigação ilegal que apura supostos atos antidemocráticos. Arquivados!”.

Professor Igor avaliou: “No último dia de funcionamento do legislativo o Davi Alcolumbre ARQUIVOU 38 PEDIDOS DE IMPEACHMENT contra a turma da lagosta. Esse é o homem que comanda(va) o Senado”.

O advogado Oduwaldo Calixto, por sua vez, desabafou: “O lixo do lixo. Pior, impossível. Não importa quem seja o próximo presidente do Senado. Pois ninguém tem competência para superar a incompetência desse salafrário”.

Renato Barros, do Canal Questione-se, se revoltou: “Senado de covardes liderado por um bo***”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...