terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Ministro do TSE, Salomão expõe falta de provas em ações sobre 'disparos de Whatsapp' para cassar Bolsonaro


Durante julgamento, no Tribunal Superior Eleitoral, de ações que visam a cassação da chapa do presidente Jair Bolsonaro, o Corregedor-Geral Eleitoral Ministro Luis Felipe Salomão, em longo voto, escancarou a absoluta ausência de provas das ações que alegam que houve impulsionamento de mensagens por Whatsapp. O ministro apontou que as ações se basearam em matéria da jornalista Patrícia Campos Mello, publicada pela Folha de São Paulo, e que não há qualquer evidência da existência dos fatos narrados por ela. Após analisar longamente as alegações apresentadas e mostrar que não há provas de nenhuma delas, o ministro apontou a desnecessidade de manter investigações, afirmando: “A protelação das ações seria apenas um jogo político que atenderia ao interesse de quem não obteve o resultado nas urnas e objetiva o prolongamento dessas duas demandas”. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...