segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Roberto Jefferson se revolta após matéria da VEJA sobre Bolsonaro e o PTB: ‘escrita por um moleque, editada por um canalha’


O presidente do PTB, Roberto Jefferson, rebateu relatos da velha imprensa que, segundo ele explica, não têm qualquer conexão com a realidade. Roberto Jefferson disse: 

FAKE NEWS! A coluna Radar da revista Veja diz que o Palácio do Planalto estaria avaliando pedido "da minha turma" de recriação dos ministérios do Trabalho e da Previdência. ISSO É MENTIRA!! Não pedi ao governo, muito menos ministério. Que cara cascateiro esse "jornalista" da Veja.

O jornalista cascateiro da Veja, antes de publicar mentiras, devia pesquisar um pouco. Há dois anos dei entrevistas dizendo que o Ministério do Trabalho era um cadá*** que jamais devia ser ressuscitado. E há muito tempo digo que a Justiça do Trabalho também tem que ser extinta.

Jornalistas da Veja, Folha, Globo, Estadão, Istoé e outros, se escondem atrás do tal sigilo de fonte para poder mentir deslavadamente. Dizem que uma "fonte" falou isso ou aquilo, mas muitas vezes é cascata pura. Se tivessem que comprovar suas mentiras, não ficava uma de pé.

Ao contrário do que diz o cascateiro da Veja, não pedi nenhum ministério ao governo e ninguém do PTB está autorizado a pedir ministério. Como já disse até ao presidente, o que pedi foi a filiação dele ao meu partido. E só!! A Veja está ficando pior do que a Contigo.

Esse jornalista cascateiro da Veja disse, em agosto, segundo uma "fonte" dele, que Augusto Aras teria dito que eu "podia esperar por novas emoções" no inquérito das fake news. Até hoje espero por essas "novas emoções" que ainda não bateram na minha porta. Era cascata. Como sempre. As tais agências de checagem jamais passam sua lupa em notícias da "grande" imprensa ou nessas notinhas de colunistas de jornais e revistas. Eles se protegem mutuamente. Só miram sites e órgãos de imprensa de direita ou bolsonaristas. Depois dizem que não há guerra cultural. A matéria da Veja contra meu partido foi escrita por um moleque, editada por um canalha e publicada por uma pústula. 

O Brasil já está em 5º lugar no mundo em quantidade de vacinados contra a Covid, com mais de 3,6 milhões de pessoas. Mas a imprensa, óbvio, vai buscar formas estatísticas diferentes para dizer que aqui está sendo devagar. Não importa a verdade, e sim a narrativa contra Bolsonaro.

Ademais, Jefferson acusou Davi Alcolumbre, ex-presidente do Senado Federal, de estar implementando uma estratégia para retomar poder no Congresso: 

Renan Calheiros está em campanha para impedir que Alcolumbre seja eleito presidente da CCJ. Renan está certo. O DEM fez o presidente, agora quer também a comissão mais importante do Senado? E com Alcolumbre, que quer ser uma espécie de presidente informal? Tem que ir pra cima.

Alcolumbre quer ser presidente da CCJ para ter o controle da pauta e do andamento dos projetos, e também para colocar Pacheco no seu bolso. Como tudo passa pela CCJ, Alcolumbre quer estar lá para ser o presidente informal. É preciso derrotar Alcolumbre e o DEM na CCJ. Li na imprensa que Alcolumbre teria fechado um acordo com uma ala do MDB para garantir sua eleição na CCJ, e inclusive teria oferecido aos senadores desse partido duas comissões. Rodrigo Pacheco vai aceitar ser só um fantoche do Alcolumbre? O Batoré quer continuar mandando”.

Outrossim, o presidente do PTB alfinetou Rodrigo Maia, ex-presidente da Câmara, e retrucou recentes declarações do parlamentar: “Caiado desceu a lenha no Nhonho. Disse que ele ‘não tem caráter’, que sofre de ‘síndrome de ansiedade do poder’, que ‘tentou furar a Constituição’ e que ‘investe contra os amigos’. O governador de Goiás há muito tempo é companheiro de legenda de Maia, e sabe do que está falando. Por falar em Rodrigo Maia, ele se reuniu na noite deste domingo com João Doria, em São Paulo. Segundo a imprensa, o assunto da noitada foi “a construção de uma grande aliança mirando 2022”. A gente até sabe quem está nessa ‘grande aliança’: Doria, Maia, Mandetta, FHC, Huck… Doria convidou Rodrigo Maia para ingressar no PSDB, e certamente deve oferecer alguma coisa no governo de SP ao homem que, como Caiado disse, ‘tem síndrome de quem não aceita deixar o poder’. Só uma pergunta: cabe um Nhonho em uma Calc**** Apertada? A casa do Agripino não para de cair. E ele chamou o Nhonho pra salvar a lavoura. Será que agora vai? A semana está começando e eu desejo que Deus abençoe os dias de vocês e traga muitas glórias e vitórias para a vida de cada um. Vamos em frente com fé e com força. Um grande abraço e uma excelente semana para todos”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...