quinta-feira, 25 de março de 2021

Advogados da UNAB e Convergências manifestam apoio ao pedido de impeachment de Alexandre de Moraes, do STF


A coalizão Convergências e a União dos Advogados do Brasil (UNAB) divulgaram uma nota pública em apoio ao pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes. Ambas já haviam pedido o impeachment do ministro, em pedido que se encontra nas gavetas do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Na nota, as entidades apontam a necessidade de união da sociedade para mostrar ao Senado o desejo da população. 

As entidades afirmaram: 

A Unab participou ativamente da elaboração de primeiro pedido de impeachment solicitado pela Convergências e protocolado por 4 senadores na Mesa do Senado, em peça elaborada pelo advogado Dr. Maurício dos Santos Pereira. O fato mereceu boa repercussão com jornalistas como Alexandre Garcia dentre outros. Contudo, o Senador Kajuru, um dos subscritores da peça encomendada pela Convergências, decidiu ingressar com outro pedido isolado, sendo divulgado pelo comentarista Caio Coppolla que solicitou o apoiamento em petição eletrônica que estava próxima do terceiro milhão em poucos dias.

Em face de algumas especulações que chegaram à Unab e Convergências, decidiram as entidades soltar uma nota de apoio ao segundo pedido feito pelo Senador Jorge Kajuru, uma vez que seus diretores entendem que é necessário toda a Sociedade unir-se nesse propósito, como meio de mostrar ao Senado o desejo da população. Há sem dúvida nenhuma uma quase unanimidade nesse sentido. 

Leia a nota da UNAB e da Coalizão Convergências: 

Brasil, 23 de março de 2021

Impeachment do Ministro Alexandre de Moraes


                                                                    CARTA DE APOIO


Mais do que nunca há uma convergência quase total em todo o Brasil pela saída imediata do Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal.

Cabe ao Senado Federal o inquérito, julgamento e decisão de impedimentos dos Ministros da Suprema Corte. Como é sabido, os presidentes que ocuparam a Mesa Diretora do Senado Federal cometeram os crimes de prevaricação e improbidade ao reterem dezenas de pedidos de impedimento da maioria, se não de todos, dos ministros do STF.

Com a chegada do novo presidente do Senado, Senador Rodrigo Pacheco, espera-se que ele paute os pedidos apresentados pela Sociedade e pelos próprios Senadores, sem maiores delongas, como por exemplo, o pedido de impedimento do Ministro Alexandre de Moraes proposto pela Coalizão Convergências. Este pedido foi protocolado por quatro senadores, Eduardo Girão, Jorge Kajurú, Styvenson Valentim e Lasier Martins no dia 03/03/21 e mereceu grande repercussão.

Ficamos felizes também em ver ainda, há pouco mais de três dias, um novo pedido de impedimento do já citado Ministro, pelo Senador Kajuru, também subscritor do pedido em conjunto com os três senadores já citados, proposto pela Coalizão Convergências, constituindo-se em mais um pedido a tramitar no Senado. Apoiamos todos os pedidos do tipo que foram e forem feitos, como forma de pressão, ainda mais quando o Senador Kajurú trouxe para o seio do Povo, o festejado Caio Coppolla, o que levou uma petição conexa ao segundo pedido, a ultrapassar os 3 milhões de assinaturas. Aliás, lista apoiada e divulgada por nós também.

Desejamos sim, que mais pedidos de impedimentos dos ministros que violarem a confiança depositada pelo próprio Senado da República nas sabatinas que os aprovaram a ocupar cargo da mais alta relevância do País, continuem a ingressar e transitar no Plenário do Senado, até que consigamos a necessária renovação do quadro, algo vital para a segurança jurídica e da Segurança Nacional.


CONVERGÊNCIAS                                    UNAB – União dos Advogados do Brasil

Movimentos Civis pelo Brasil                      Dr. Mauricio dos Santos Pereira

Thomas Korontai                                         Diretor

Coordenador Nacional                                unab@unab.adv.br


Documento original:  Carta Apoio Kajuru

Informamos que a página oficial da Convergências no Facebook encontra-se ilegalmente bloqueada.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...