segunda-feira, 22 de março de 2021

Alexandre Garcia e deputada Aline detonam Alexandre de Moraes, do STF: ‘Sem ter um voto sequer’


Em transmissão ao vivo, a deputada federal Aline Sleutjes, aliada do presidente Jair Bolsonaro, e o jornalista Alexandre Garcia fizeram críticas contundentes ao ministro Alexandre de Moraes, do STF, ao comentarem recente decisão que suspendeu os trabalhos da rodovia Ferrogrão.

A parlamentar frisou: “Fiquei abismada com uma decisão do STF nesta semana. Nosso amigo, ministro Alexandre de Moraes - de novo, esse homem não está fácil -, ele simplesmente fez uma decisão contrária à construção da Ferrogrão. A Ferrogrão passará pela BR, é uma mega estrutura, o ministro Tarcísio, do Governo Bolsonaro, falou sobre isso. Falou sobre a dificuldade que essa decisão vai causar, vai continuar a dificuldade que já tínhamos, a desgraça”.

Neste contexto, ela explanou: “Hoje, tem de dar a volta no Brasil inteiro. Olha que brincadeira de mau gosto. Em vez de já sair lá do Pará direto para a Ásia...olha a economia, olha o tempo, a agilidade para o produtor. E o ministro caneteia, só ele, individualmente, o ‘eu mando na coisa’”.

Alexandre Garcia, por sua vez, opinou: “Individual e sem ter um voto sequer. Imagine, impedindo o trabalho de um chefe do Executivo que teve quase 58 milhões de votos. Não faz sentido! Eu me pergunto: Isso é democracia?”.

Nesta toada, o jornalista desabafou:; “Apátridas, essa gente não tem pátria, são aqueles que falam mal do Brasil para o exterior, eles não têm o verde e amarelo, a bandeira. Eles trabalham contra o Brasil, é uma coisa incrível. Eu acho que é uma raiva do mundo, a pessoa tem uma coisa em si que ele projeta para o mundo”.

Outrossim, o comunicador salientou o problema de decisões monocráticas que interditam o desenvolvimento da Infraestrutura nacional: “Eu dizia que a ausência de ferrovias em um país de oito milhões e meio de quilômetros quadrados era o maior atestado de burrice estratégica dos governos. Isso foi substituído, vamos escoar a riqueza desse Brasil pelas ferrovias. Agora, aparece um ministro do STF e, em uma canetada, atrapalha questões que já estavam garantidas legalmente”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...