terça-feira, 16 de março de 2021

Deputado de Bolsonaro, Jordy faz apelo ao apoiar Coppolla em pedido de impeachment de Moraes, do STF


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Carlos Jordy fez um apelo ao apoiar petição criada por Caio Coppolla, comentarista político, em suporte a um pedido de impeachment apresentado pelo senador Jorge Kajuru em desfavor de Alexandre de Moraes, ministro do STF.

O parlamentar encetou: “Pessoas que não se deixam curvar aos totalitarismos do STF, pessoas indignadas com o STF, que não aguentam mais ver abus* e arbitrariedades cometidos por aqueles que deveriam defender a Constituição. Caio Coppolla teve uma ideia sensacional: fazer um abaixo-assinado pelo impeachment de Alexandre de Moraes”.

No ensejo, o congressista explanou: “A quem compete, na Constituição, fazer qualquer coisa contra abus* do STF é o Senado. O Senado que pode aceitar uma denúncia, uma representação pelo impeachment de um ministro do STF. Muitas vezes, os presidentes do Senado têm rabo preso, têm processos no STF, podem sofrer uma retaliação e os processos irem para a frente. Agora, temos Rodrigo Pacheco, que não é réu no STF. Isso nos dá tranquilidade de que os processos de impeachment contra ministros do STF podem avançar. Alcolumbre sentou em cima daqueles processos, foram arquivados. Agora, Kajuru fez uma nova representação pelo impeachment de Alexandre de Moraes”.

Ademais, Jordy argumentou: “Alexandre de Moraes cometeu crimes de responsabilidade. Moraes vem em uma escalada de autoritarismo, inconstitucionalidade, arbitrariedades. Ele está rasgando o Direito. Ele fez inquéritos para perseguir aqueles que faziam críticas ao STF. Foi feito um contorcionismo para instaurar inquérito de ofício, viciado de origem e, mais do que isso, ele instaurou, foi o relator, ele é a vítima, ele é o acusador e o julgador. Tudo isso demonstra que ele fere o nosso sistema jurídico e comete crime de responsabilidade. Ele vilipendiou e rasgou a Constituição. Vocês não estão entendendo a magnitude, a importância do momento que estamos vivendo. Em menos de 24 horas, são mais de 1 milhão de assinaturas. Temos de replicar para que isso chegue ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Ele pode se tornar um herói do Brasil, fazendo com que um ministro do STF não seja mais ‘deus’. Que seja retirado por ter cometido crime de responsabilidade. Sabemos que há uma exacerbação de competências porque muitos senadores são réus e não fazem nada. É um momento especial como foi o do impeachment de Dilma. A sociedade se organizou para pedir o impeachment de Dilma. Agora, estamos passando pelo mesmo”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...