sábado, 20 de março de 2021

Renomado jurista Modesto Carvalhosa detona ministros do STF: ‘a maioria não tem idoneidade moral, intelectual ou jurídica’


Por ocasião de transmissão ao vivo da UNAB - União dos Advogados do Brasil - em parceria com a Folha Política, o jurista Modesto Carvalhosa discorreu a respeito dos problemas da Constituição Federal e fez severas críticas aos ministros do STF.

O jurista encetou criticando o resultado das nomeações feitas pelos presidentes da República: “A meritocracia [no Judiciário] é importante, mas não tem ocorrido na prática. Temos de partir das realidades que a política apresenta para criarmos valores e melhorá-las sempre. A factualidade que nós temos é que a meritocracia não existe de jeito nenhum com essas nomeações de presidente da República”.

Neste contexto, ele aquilatou: “De jeito nenhum. Aí, você tem pessoas que, até teoricamente, não têm idoneidade nem moral, nem intelectual e nem jurídica. E estão lá no Supremo. A maioria do STF. Essas coisas da meritocracia não é factual. É melhor arriscar um decanato nos tribunais superiores, será um juiz experiente. Pode não ser o mais brilhante, mas tem experiência. Factualmente, é muito mais apropriado que nomear pessoas que não têm nenhuma qualificação para ocupar esses cargos nos tribunais superiores, no STF”.

Outrossim, ele foi categórico ao explanar sua visão no que tange aos membros da Suprema Corte: “O STF foi reduzido, não passa de uma fábrica de Habeas Corpus para políticos corruptos, para empreiteiros corruptos, um tribunal corrupto. Lá, existem três partidos. O partido do PT, o partido do Centrão e o ‘Partido da Impunidade’. O da Impunidade tem uns 8 membros. É uma entidade política”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...