domingo, 11 de abril de 2021

Bolsonaro faz pedido a Deus ao alertar para graves problemas no Brasil e expõe como se surpreendeu ao visitar casa de venezuelanos


Em coletiva de imprensa, o presidente Jair Bolsonaro abordou a situação política brasileira, pronunciou-se a respeito de decisão do STF no que concerne a uma CPI para investigar seu governo, criticou interferências do STF em outros poderes e advertiu para o risco de graves problemas sociais no Brasil.

O mandatário encetou: “O que mais me surpreendeu foi visitar a casa onde tinha uns vinte venezuelanos. Só naquela comunidade, tem mais de mil venezuelanos. Eles não têm documentos, não têm emprego. Não conseguem sustento. A situação é triste, é desalentadora. Estão transformando os pobres em mais pobres. Todo mundo está perdendo. Até vocês, da imprensa, tiveram o salário reduzido. Apelo a vocês, governadores: essa política não deu certo”.

Ademais, ele criticou e fez um alerta: “Qual é o objetivo dessa política? Não deu certo. O desemprego, a fome, a desesperança, estão crescendo cada vez mais. A gente pede a Deus que não tenhamos problemas sociais graves no Brasil”.

A respeito de CPI para investigar seu governo no que tange à pandemia, Bolsonaro assestou manchetes mentirosas da velha imprensa e salientou: “É uma CPI feita pela esquerda para perseguir, para tumultuar. Essa esquerda que nunca fez nada no Brasil, a não ser trazer atraso para nós. A ideia seria investigar todo mundo, mas, como está proposta, aí complica. Parece que o Kajuru colocou requerimento para que impeachment de ministros do STF seja colocado para a frente, também. Quer fazer justiça? Quem sumiu com o dinheiro? Fui eu? Eu mandei para todo mundo, mas quantos estados e municípios prepararam a rede hospitalar”.

Neste contexto, o chefe de Estado voltou a criticar o STF: “Interferência, lamentavelmente, tem do STF. Teve no meu governo e teve, agora, no Senado. É questão interna corporis. Deram mais poderes, a governadores e prefeitos, do que eu teria em Estado de Sítio”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...