domingo, 11 de abril de 2021

Coronel abre o jogo sobre CPI contra Bolsonaro ordenada por Barroso e plano do PT


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Coronel Tadeu aventou seu entendimento a respeito dos conflitos políticos envolvendo o presidente Jair Bolsonaro ao abordar decisão do ministro Barroso que ordenou ao Senado Federal a instauração de uma CPI para investigar o governo federal.

O parlamentar argumentou: “É uma CPI política, em um momento em que se antecipa a campanha eleitoral e o PT quer desgastá-lo de qualquer jeito. Ele está incomodando políticos grandes, fortes, que estavam acostumados a ter cargos e roubar descaradamente. Agora, eles fazem essa pressão para tentar esgarçar, acabar com a imagem do Bolsonaro de qualquer jeito”. 

No ensejo, ele criticou a Rede Globo, escancarou o oportunismo de determinados parlamentares e criticou Luís Roberto Barroso: “A Globo, essa Globo lixo, transmite e eles ficam encantados porque apareceram na Globo. (...) Quero fazer um comentário sobre essa lamentável decisão do ministro Barroso, do STF, que deu uma ordem para o senador Rodrigo Pacheco abrir uma CPI. Claramente, uma ofensa ao Senado Federal. Estou decepcionado com o Senado Federal, que aceita de joelhos uma decisão como essa. E por que não colocar governadores e prefeitos nesta CPI? João Doria criou o caos aqui, implantou o autoritarismo, além de outros em seus estados, e nada vai se fazer contra eles? E os hospitais de campanha desmontados, isso não é improbidade administrativa?”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...