quinta-feira, 1 de abril de 2021

Coronel Tadeu destroça Lula e alerta para ‘guerra’ contra Bolsonaro e a liberdade dos brasileiros


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Coronel Tadeu, aliado do presidente Jair Bolsonaro, fez uma admoestação quanto aos riscos de uma “guerra” em curso contra o presidente Jair Bolsonaro e as liberdades individuais. 

O parlamentar encetou: “Estamos perdendo, aos poucos, a nossa liberdade. Na Constituição Federal, no seu artigo quinto, dos direitos e garantias individuais, está consagrado, é um direito material, temos o livre arbítrio, o direito de ir e vir. Isso só pode ser rompido em uma única situação: Estado de Sítio. Decretado pelo presidente da República e afiançado pelo Congresso Nacional”.

O oficial criticou, ademais, polêmico decreto do estado de Sergipe: “Ou seja, ele vai se apropriar, agora, de bens móveis e imóveis. Não tem cabimento isso, fazer isso pode decreto. É a coisa mais absurda, mas não para por aí”.

Outrossim, ele salientou: “Nós estamos perdendo a nossa liberdade por medidas ditatoriais. O que não pode acontecer é entregarmos nossa liberdade e nos submetermos a uma servidão, a uma subserviência. Estão jogando contra o presidente Jair Bolsonaro de tudo quanto é jeito, de diversas formas, isso é uma pequena dose do que pode vir pela frente, do que pode acontecer. A liberdade custa. E custa muito. Custa a luta. Custa a gente ser determinado a não abrir mão da nossa liberdade. Entregar-se à servidão é muito mais cômodo. Discurso de comunista”.

Tadeu advertiu, ademais, para a fragilidade de uma aliança tática com o Centrão e conclamou os brasileiros a lutarem pela eleição de candidatos de direita: “O Brasil está em uma polarização muito grande. Há uma guerra sendo travada entre direita e esquerda e o Centrão está lá no meio esperando para ver o que vai acontecer. O Centrão sempre jogou com quem está no poder. Com José Sarney, com Fernando Collor, Itamar Franco, Fernando Henrique, Lula. O Centrão está com quem governa, não está nem aí para ideologia, quer dinheiro e poder a qualquer custo. Não podemos nos pautar por isso, temos de focar em nossa liberdade, em ter um país grande e livre. Precisamos eleger pessoas boas e afinadas com nossas ideias. Hoje, o presidente Jair Bolsonaro tem no máximo 80 deputados”.

Nesta toada, o parlamentar assestou a hipocrisia de petistas e comunistas: “Os petistas acusam Bolsonaro de ser geno*, mas idolatram Fidel Castro. Por que eles não falam de como Fidel Castro é geno*? E Hugo Chávez, na Venezuela?  E aqui, Lula, o barbudo cachaceiro, e Dilma Rousseff? Entregaram a gente em uma recessão absurda. É preciso acordar para a política, para a nossa liberdade, não vamos nos entregar. Muito cuidado com os tiranos”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...