quarta-feira, 21 de abril de 2021

Jornalista rebate Barroso: ‘é ofensivo ao cidadão que lhe seja negado o direito de argumentar contra maus argumentos’


O jornalista Percival Puggina, durante live promovida pela deputada Bia Kicis para debater o voto auditável, comentou argumentos do ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE, que afirmou que “tem gente que tem horror daquilo que funciona”, ao descartar pedidos de transparência eleitoral. O jornalista questionou: “será que essa mobilização não mostra ao ministro que alguma coisa não está funcionando?”. Puggina questionou o uso de argumento de autoridade e enfatizou o fato de que, no Brasil, mistura-se a condição de ministro da Suprema Corte com a condição de gestor do processo eleitoral. O jornalista apontou uma tendência de “constitucionalizar a vontade de alguns” e afirmou que, em sua opinião, essa “constitucionalização do querer e do não querer” está criando instabilidade política. Puggina apontou: “é ofensivo ao cidadão que lhe seja negado o direito de argumentar contra maus argumentos”. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...