segunda-feira, 26 de abril de 2021

Onyx Lorenzoni escancara plano tirânico do PT, roubos bilionários via BNDES e alerta para Lula e Venezuela


Em entrevista ao deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, Onyx Lorenzoni, ministro da Secretaria-Geral da Presidência no Governo Bolsonaro, abordou o projeto totalitário de poder dos petistas, o risco de o Brasil seguir o caminho tirânico da Venezuela e roubos bilionários de Lula e do PT por meio de obras do BNDES no exterior.

Ao abordar o Mensalão e o Petrolão nos governos petistas, Onyx ressaltou: “O objetivo era buscar fontes de financiamento. O PT não era uma coisa desconectada, é uma grande articulação da esquerda latinoamericana, conectada com a esquerda mundial e articulada com o Foro de São Paulo. Eu dizia que o PT iria tentar o poder, montar a pátria socialista, e diziam que eu era doido”.

Dessa forma, ele relatou: “O PT, durante sua passagem, tirou 17 bilhões de dólares do brasileiro, de dinheiro de impostos do Brasil, para financiar, a maior parte através da Odebrecht, mas de outras companhias pelo Petrolão. Levavam o melhor marketing, uma grande empreiteira, levavam obras de infraestrutura de grande porte e o financiamento do próprio Brasil”.

Neste contexto, o ministro desabafou: “Em agosto de 2019, autorizei uma transferência, junto com Paulo Guedes, do Tesouro Nacional para o BNDES, de R$452 milhões de impostos dos brasileiros para cobrir os juros do dinheiro que o Lula e o PT levaram para fora do Brasil. Que deixou de ser aplicado aqui. Eles fizeram uma amarração em que, se o cara lá de fora não paga, o Tesouro Brasileiro paga”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...