quinta-feira, 6 de maio de 2021

Bolsonaro pede punição exemplar a autor de ataque em creche de Santa Catarina e personalidades se pronunciam


O presidente Jair Bolsonaro pronunciou-se homenageando professoras que deram suas vidas para proteger crianças durante ataque na cidade de Saudades, em Santa Catarina, e pediu que a “justiça seja feita” por meio de uma punição exemplar.

O chefe de Estado declarou: “Difícil entender como um ser humano pode ser tão cruel a ponto de invadir uma creche e covardemente tirar a vida de inocentes crianças e suas professoras. Nesse momento, só Deus pode dar forças e confortar os corações daqueles que viveram esse terror na manhã de ontem”.

No ensejo, ele homenageou: “Que a fé, na certeza do amor de Cristo e da justiça divina, seja o combustível para suportar a dor da perda, e que os céus acolham esses anjinhos, bem como as professoras Keli e Mirla, que deram suas vidas para proteger todas as crianças e agora descansam ao lado de Deus”.

Dessa forma, o mandatário considerou uma lástima que a Constituição Federal não permita penas mais substanciais e proporcionais ao crime, mas ressaltou a necessidade de que as instituições funcionem e apliquem penas de maneira exemplar: “Embora lamentavelmente nossa Constituição não permita penas suficientemente severas para esse tipo de crueldade, como prisão perpétua, em respeito aos familiares pedimos que a justiça seja feita e o autor desse ato covarde seja punido de forma exemplar”.

A deputada federal Caroline de Toni comentou: “Que Deus abençoe os anjinhos que morreram de forma tão trágica, as professoras e as famílias envolvidas. Por outro lado, aguardamos que a justiça seja feita”.

O vereador Carmelo Neto declarou: “É de partir o coração, presidente”. 

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, argumentou: “Meus profundos sentimentos às vítimas. Sempre devemos lembrar: a única maneira de parar um malfeitor armado é um homem de bem armado.Que Deus conforte as famílias”.

Coronel Fernanda asseverou: “As vezes vangloriamos jogadores de futebol e personalidades da mídia como heróis e esquecemos dos verdadeiros heróis e heroínas do dia a dia. Quero aqui manifestar o meu reconhecimento a duas grandes heroínas, que não temeram perder a vida para salvar seus alunos em Saudades/SC”.

A deputada estadual paulista Letícia Aguiar lamentou: “É de partir o coração”. Frederico Dávila, deputado estadual por São Paulo, defendeu a pena de morte. O deputado estadual mineiro Bruno Engler afirmou: “Um cara desse não tem salvação, está fazendo hora extra”.

O ministro Onyx Lorenzoni prestou condolências: “Triste, muito, muito triste o que ocorreu em Saudades -SC. Que Deus os receba em toda a sua bondade e conforte o coração dos familiares das vítimas. Lamentável a politização absurda do triste episódio de Saudades -SC . Chegaram a citar resultado de eleição, isso não é jornalismo. Na ânsia de criar narrativas, apelam para o desrespeito pelas vidas que se foram e pelos familiares que sofrem tanto. Tenham vergonha na cara!”.

Alana Passos, deputada estadual pelo Rio de Janeiro, disse: “Que Deus conforte o coração dos familiares e de todos os brasileiros”.

O vereador Paulo Chuchu conclamou: “Meus sentimentos às vítimas do massacre de Saudades/SC e suas famílias.

Mas solidariedade não é tudo. Devemos tomar medidas urgentes que garantam a segurança de nossas crianças e uma punição mais severa aos monstros que cometem essas barbaridades, para que isso jamais se repita”.

Edson Salomão publicou: “A professora Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, e a agente educacional Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos, deram suas vidas protegendo mais de 50 crianças do ataque brutal que infelizmente vitimou 3 crianças. Que o Senhor as receba em Seus Braços!”.

O ministro Milton Ribeiro pontificou: “Profundamente entristecido pela tragédia na escola do município de Saudades/SC. Meus sentimentos aos familiares e oração para que o Pai das misericórdias e Deus de toda consolação os fortaleça neste momento terrível. ‘Ele enxugará dos seus olhos toda  lágrima’. Apocalipse 21:4”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...