domingo, 30 de maio de 2021

Capitão Wagner escancara cumplicidade da mídia com senadores de CPI contra Bolsonaro e abre o jogo


Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, o deputado federal Capitão Wagner criticou duramente a CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça”, e “Tribunal de Renan Calheiros”. O deputado enfatizou que a velha imprensa vem propositadamente ignorando os problemas na composição da CPI, e contribuindo assim para que a Comissão seja motivo de vergonha para todo o parlamento. 

Capitão Wagner disse: “Essa CPI tem se transformado na CPI da vergonha desde a sua composição. Incrivelmente a grande imprensa, desta vez, não tem questionado os membros de uma Comissão Parlamentar de Inquérito tão importante como essa. Nas redes sociais, as pessoas questionam o porquê de termos um Presidente A, um Relator B e um Senador C que fazem parte dessa Comissão”.

O deputado apontou a impropriedade da escolha do presidente da CPI, exemplificando com o tratamento que o senador Omar Aziz deu a um colega de senado durante sessão. Capitão Wagner disse: “a Comissão passou de qualquer limite com palavras do Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, o Senador Omar Aziz, do Amazonas. O Senador é pouco conhecido em âmbito nacional, mas o povo do Amazonas o conhece muito bem, e não por grandes feitos a favor do povo do Amazonas, não. Infelizmente o que conhecem do Senador não é nada agradável sequer de se citar. E o Senador, na condição de Presidente, hoje, abusando da sua autoridade, chama um Senador respeitado, ficha limpa, que representa o Estado do Ceará com muito orgulho, de "oportunista e sorrateiro"”.. 

O deputado prosseguiu: “a grande imprensa infelizmente não tem questionado nada em relação à atuação ou aos membros dessa Comissão Parlamentar de Inquérito. Sabemos quem são as pessoas que estão lá. E é por conta disso que essa CPI está se transformando na CPI da vergonha. Essa é a única CPI da história que não quer investigar escândalos de corrupção. Escândalos de corrupção envolvendo recursos que foram destinados para o combate à COVID-19 existem muitos”.

Capitão Wagner resumiu: “Não existe na Comissão a intenção de investigar a todos. A intenção é seletiva, infelizmente. Isso está muito claro. Por conta disso, repito, essa CPI vai ficar registrada como a CPI da vergonha”. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...