segunda-feira, 10 de maio de 2021

Deputado de Bolsonaro expõe plano ‘oculto’ da CPI da Pandemia, detona roubos de Lula e rebate mídia


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Bibo Nunes, aliado do presidente Jair Bolsonaro aventou as motivações sub-reptícias de parlamentares que orquestraram a criação da CPI da Pandemia contra o presidente Jair Bolsonaro, apontou as distinções entre Bolsonaro e petistas, assestou roubos nos governos de Lula e Dilma e comentou qual será, provavelmente, o próximo partido do presidente.

O parlamentar declarou: “Essa CPI da Pandemia é uma tragicomédia. Bolsonaro destinou dinheiro para municípios e estados. Se tem algo errado, eles que têm de dar explicação. Eles estão em desespero, querem pegar Bolsonaro. Enviei um ofício para fazer uma auditoria para saber onde o Governo do Rio Grande do Sul aplicou o dinheiro do combate à pandemia. O governo do estado não fez sequer um hospital de campanha. O Brasil era o quinto país que mais vacinava no mundo e, ontem, passou a Inglaterra, para desespero dos urubus. Estamos vencendo”.

Neste contexto, Bibo argumentou que a oposição prefere sabotar o desenvolvimento do Brasil com finalidades políticas em vez de cooperar para a recuperação econômica: “Por incrível que pareça, eles ficam tristes porque o Brasil vai crescer. Querem que caia o Brasil para que Bolsonaro não vença as eleições. Não tem terceira via. Doria? Luciano Huck? Mandetta? Nada decola. A disputa eleitoral em 2022 será entre Lula e Bolsonaro. Você prefere o presidente que faz muito, pois é sério, ou o que rouba, tem petrolão, mensalão, pega dinheiro do BNDES e distribui para países comunistas?”.

No que tange ao futuro partido de Bolsonaro, ele relatou: “As maiores possibilidades, hoje, são: o antigo Partido da Mulher Brasileira e o PRTB, do General Mourão. Ambos não tem nada, nem um segundo de televisão, sem estrutura financeira. Bolsonaro vencerá mesmo assim. E terá muitos partidos apoiando. PTB, PSL, PSC, Patriota. Nada tira a vitória do Bolsonaro em 2022. A imprensa marrom faz tudo por dinheiro. Paga e a gente elogia. Não paga e a gente critica. Elogiavam Dilma, elogiavam Lula, e o Brasil sendo roubado como nunca roubaram um país na história recente da humanidade”.

Além de criticar a velha imprensa, ele assinalou como enxerga as políticas demagógicas da esquerda brasileira: “A esquerda gosta tanto de pobre que, por onde passa, multiplica a pobreza. Todo governo de esquerda, quando sai, deixa miseráveis por todos os lados. Deixa miséria, desemprego como nunca. A direita deixa progresso e desenvolvimento, pois nós trabalhamos. A esquerda grita por auxílio emergencial e Bolsa Família, a direita grita por trabalho. A esquerda quer ‘bocas e tetas’ nos governos, cargos”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...