domingo, 23 de maio de 2021

Deputado se emociona e chora ao denunciar golpe de Renan Calheiros por impeachment de Bolsonaro - CPI


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Otoni de Paula emocionou-se e chorou ao denunciar um golpe que estaria sendo articulado por Renan Calheiros, relator da CPI da Pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”; Omar Aziz, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, e outros senadores.

Otoni asseverou: “A percepção que eu tinha é que iriam usar a CPI para sangr* o presidente Jair Bolsonaro e utilizá-la como forma de barganha, mas que não havia pretensões de o relatório final incriminar o presidente ou pedir o seu impeachment. Isto até ontem. Depois do depoimento do General Pazuello na CPI, a coisa virou. Eles vão tentar derrubar o presidente Jair Bolsonaro através de impeachment a partir de um relatório fraudulento e mentiroso que será feito por Renan Calheiros junto com o circo armado de senadores que estão blindando os governadores”.

Nesta toada, o parlamentar explanou: “Para que a culpa não recaia sobre os governadores, o relatório pedirá o afastamento do presidente Jair Bolsonaro. A entrevista que acabei de assistir do senador Omar Aziz, presidente da CPI, ele está, com todas as palavras, condenando o presidente Jair Bolsonaro”.

Ademais, o congressista frisou: “A intenção era dar voz de prisão ao General Pazuello. Eles teriam a ousadia de prender um general do Exército Brasileiro. Eles vão convocá-lo de novo para prender o general. A velha imprensa está distorcendo tudo para dizer que o general mentiu na CPI (...). Eu assumo o que falo. Não tenho medo do STF”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...