terça-feira, 25 de maio de 2021

Renan Calheiros tenta ‘enquadrar’ Mayra, secretária do Gov. Bolsonaro, em CPI e é enfrentado por senadores


Durante sessão da CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça”, e “Tribunal de Renan Calheiros”,  que ouve o depoimento da médica Mayra Pinheiro, secretária do Governo Bolsonaro, o relator, senador Renan Calheiros, interrompeu constantemente a testemunha quando ela tentava descrever a situação encontrada em Manaus - indicando a responsabilidade dos gestores locais. A médica estava relatando que encontrou postos de saúde fechados e o senador a impediu de falar. Após outras interrupções, outros senadores intervieram para que Renan Calheiros permitisse que a testemunha falasse. 

O presidente da Comissão, Omar Aziz, também insistiu em que a testemunha respondesse com “sim” ou “não”, impedindo-a de explicar suas respostas. Em um dado momento, quando a dra. Mayra tentava explicar um aplicativo, o senador a impediu, exigindo a resposta “sim” ou não”,  e afirmou que não sabia o que significava o nome do aplicativo. O senador Marcos Rogério questionou: “Se vossa excelência é de Manaus e não sabe, como quer que o Brasil saiba?”. Aziz exaltou-se e afirmou que o General Eduardo Pazuello "mentiu muito à comissão", anunciando que o oficial será convocado a depor novamente.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...