quinta-feira, 20 de maio de 2021

Senador Marcos do Val rebate Renan Calheiros, dá lição de moral e faz pronunciamento emocionante na CPI - com Pazuello


No decorrer de depoimento do General Pazuello, ex-ministro da Saúde do Governo Bolsonaro, na CPI da Pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da cortina de fumaça”  e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Marcos do Val utilizou uma forte imagem para descrever a situação do País no momento em que Pazuello assumiu o Ministério da Saúde. Marcos do Val disse: “A imagem que eu vejo é a de um avião em rota de colisão, os pilotos pulando fora, ou seja, os ex-ministros pulando fora, cada um com o seu argumento, cada um com a sua desculpa, deixando os brasileiros na mão. E aí vem um passageiro, um outro brasileiro, passageiro, a que foi dada a missão: "senta nessa poltrona do piloto e dá o seu melhor"”.. 

O senador afirmou: “General, eu tenho certeza de que essa missão... Você não titubeou. Quando fala que missão dada é missão cumprida, eu tenho certeza que, mesmo não sendo médico e sendo acusado por isso, o senhor não se intimidou: sentou na cadeira do piloto e tocou da melhor forma que poderia ser”.

O senador fez um reconhecimento da coragem do General Eduardo Pazuello ao assumir interinamente a pasta. Marcos do Val disse: “Então, General, o senhor teve a coragem de poucos de sentar nessa cadeira enquanto essa aeronave estava em rota de colisão”.

O senador Marcos do Val comparou: “Hoje é fácil... Não, não vou dizer que hoje é fácil não, é um pouco mais fácil. Eu tenho certeza de que o senhor viabilizou a logística, o conhecimento, a disciplina, a hierarquia, porque hoje tudo está... Chegou vacina no Brasil, "brum", já estão nos Municípios”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...