terça-feira, 18 de maio de 2021

Senador Marcos Rogério expõe fracasso de Renan Calheiros contra Bolsonaro em CPI e plano de ‘blindagem’ de governadores


Em coletiva de imprensa, o senador Marcos Rogério explicitou o fracasso de Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues no que concerne a “arrancar” de Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores, declarações comprometedoras a respeito do presidente Jair Bolsonaro e de seu governo. O congressista também assestou o futuro de investigações envolvendo governadores e prefeitos, além de denunciar um plano de “blindagem” para governadores e prefeitos.

O parlamentar descreveu: “Isso é uma narrativa. Por parte do ministro, ficou evidente que não houve qualquer tipo de trava por parte do governo nessa busca de vacina com os parceiros mundiais. Foi um depoimento esclarecedor. A oposição não conseguiu arrancar do ministro nenhuma evidência que demonstre que o governo tenha cooperado para dificultar. Muito pelo contrário: que o Brasil tivesse acesso aos modelos mais avançados de vacina no mundo”.

Nesta toada, Marcos Rogério rebateu: “Está muito claro, a cada dia que passa: o alvo desta CPI é o presidente Jair Bolsonaro. Tentam sustentar a narrativa de que o grande culpado é o presidente Jair Bolsonaro. Daqui a pouco, irão dizer até que ele inventou o vírus. Para eles, não precisava nem de CPI, era simplesmente apresentar o relatório e submeter a voto. Eles já têm uma sentença no bolso condenando o presidente Jair Bolsonaro. Nas oitivas até agora, não ficou evidente nenhum tipo de crime cometido pelo presidente da República”.

Outrossim, o senador enfatizou: “Na próxima semana, nós vamos começar a ouvir aqui autoridades estaduais. Nós já entramos nos estados para ouvir autoridades estaduais. E queremos aprofundar, documentos foram enviados. Documentos foram enviados à CPI mostrando investigações em curso contra governadores e prefeitos. O que nós não aceitamos é que denúncias de corrupção, desvios, superfaturamento… práticas danosas, nocivas… fiquem sem resposta. É preciso que a CPI siga o caminho do dinheiro. Faça o dever de casa. A investigação tem de chegar onde chegou o dinheiro e, sobretudo, onde há suspeitas de desvio”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...