quinta-feira, 17 de junho de 2021

Bolsonaro faz alerta e retruca Barroso, ministro do STF: ‘Escárnio! Péssimo exemplo!’


Durante sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro foi questionado sobre o andamento da proposta do voto impresso auditável. O presidente expressou uma série de dúvidas da população sobre o sistema eleitoral e apontou como isso mina a credibilidade das eleições. 

Bolsonaro disse: “Eu quero transparência. Eu sempre ouvi que a democracia não tem preço. Nós queremos que, quando acabar as eleições, o nome que for divulgado, esse cara realmente foi eleito. Hoje em dia, se desconfia para presidente, mas pode ter para senador, deputado. O triste é a gente ouvir, ser obrigado a agir. Eu respeito a Constituição, tem gente que não respeita. Ouvi ele falar: ‘Se o Congresso aprovar uma lei’. Não é uma lei, não, Barroso, é Proposta de Emenda à Constituição”.

O presidente fez duras críticas ao presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, que também é ministro do STF: “Na Câmara, são 308 deputados, no mínimo. No Senado, se não me engano, 49 ou 51. Se um quórum desse aprovar a PEC, promulgar a PEC, o Barroso diz que, se não for judicializado, teremos voto eletrônico. Não! Não, Barroso! Se for aprovado, teremos, sim, eleições com voto auditável e ponto final. Respeito ao Parlamento Brasileiro. O Congresso aprova e uma canetada dele, de um ministro, vai fazer ter eleições sem voto auditável?”.

Bolsonaro apontou os riscos de manter um sistema no qual a população não confia: “Caso contrário, podemos ter um problema seríssimo no Brasil, um lado ou outro não aceitar e criar uma convulsão no Brasil. Lula, o presidiário, já está rodando o Brasil todo e negociando cargos. Já negociou até a Caixa Econômica Federal para um partido”.

Ademais, o chefe de Estado advertiu: “Olha só: Tiram o presidiário da cadeia. Ato contínuo, tornam-o elegível. Para não ser presidente? (...). Não podemos ter eleições onde a desconfiança aparece. Olhe o que está acontecendo na Argentina, na Venezuela. Olhe o que Barroso fez sobre a propriedade privada. É um escárnio! (...). Barroso é contrário a muitas das pautas da família brasileira, não tem zelo por esses valores. Lamentavelmente, Barroso é um péssimo exemplo para todos nós pelas pautas que ele defende lá (...). Poucas pessoas acabam manchando toda uma instituição”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...