sábado, 5 de junho de 2021

Capitão Wagner expõe ‘surto’ da esquerda após protesto de Juliana Paes contra absurdos da CPI da Pandemia e dá lição


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Capitão Wagner aventou as incoerências e deturpações de esquerdistas que iniciaram uma campanha de “cancelamento” contra a atriz Juliana Paes após um protesto por ela realizado contra atos de tirania e autoritarismo de senadores na CPI da Pandemia.

O capitão salientou: “Queria me solidarizar com uma pessoa que o Brasil inteiro conhece, a atriz Juliana Paes. Ela está sendo execrada por aquelas pessoas que são contra o Governo Bolsonaro. Ela se posicionou de forma muito coerente e veio uma ditadura querendo cobrar da Juliana Paes um posicionamento igual ao de quem pensa diferente dela”.

Outrossim, o parlamentar frisou: “Que critiquem com argumentos, não podemos criticar alguém só por pensar diferente da gente. A atriz se solidarizou, inclusive, com as mulheres, as quais estavam sendo vítimas na CPI daqueles que se dizem representantes das minorias. Estão desrespeitando mulheres que pensam diferente deles”.

No ensejo, o congressista alfinetou as contradições de esquerdistas que criticam manifestações de direita sob o fundamento de que estariam causando “aglomerações”, mas fecham os olhos para protestos posicionados à esquerda do espectro político: “Do mesmo lado, ao criticar aglomerações, precisam criticar também as de esquerda. É muito importante que haja esse bom senso”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...