segunda-feira, 7 de junho de 2021

Coronel detona Renan, Omar Aziz e Otto por ‘ato vergonhoso’ na CPI, confronta Doria e defende General Pazuello


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Coronel Tadeu, aliado do presidente Jair Bolsonaro, repreendeu duramente os senadores do comando da CPI da pandemia pelo tratamento dispensado à médica dra. Nise Yamaguchi. O coronel disse: “A Nise Yamaguchi é uma médica, não é infectologista, mas tem outra especialidade. Tem vários cursos de especialização em pneumologia, é a especialidade dela. Eu fiquei envergonhado ao ver o que aqueles senadores estavam fazendo com a doutora na sabatina. Não a deixaram falar, foi vergonhoso. Ela não conseguiu formular um raciocínio”.

O deputado também fez duras críticas ao governador de São Paulo, João Doria, e questionou os motivos pelos quais o governador não é investigado. Coronel Tadeu disse: “Em São Paulo, precisamos de buscas na casa de João Doria. Não vai passar batido. Uma hora, a casa dele vai cair. Que ele vá para a cadeia, também, pois ele merece”

O parlamentar abordou, ademais, a pressão realizada pela prisão do General Pazuello por supostamente participar de um ato político, advertiu no que concerne à necessidade de eleger senadores comprometidos em julgar irregularidades do STF, aventou o sucesso de carreatas de motos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e anunciou uma “motociata” em apoio ao chefe de Estado que ocorrerá em São Paulo no dia 12 de junho.

Outrossim, o congressista voltou a refutar o técnico Tite, fez severas críticas a Lula e conclamou os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro a se unirem em prol do Brasil.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...