quarta-feira, 30 de junho de 2021

Senador Girão bate boca com senador petista Humberto Costa ao exigir investigação de corrupção no Nordeste: ‘Ficou nervoso?’


No início da sessão da CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Eduardo Girão protestou contra a retirada de pauta de requerimento de sua autoria para convocar pessoas relacionadas aos escândalos do Consórcio Nordeste. Segundo o senador explicou, o requerimento estava na pauta até uma da manhã, quando foi retirado. O presidente da CPI, Omar Aziz, afirmou que retirou o requerimento de pauta para “consultar os senadores” e propôs reincluí-lo na pauta na semana que vem. 

O senador Humberto Costa imediatamente interveio para defender que o Consórcio Nordeste não seja investigado pela CPI. Costa pediu ao senador Girão que trouxesse provas, ao que Girão prontamente respondeu: “Eu trouxe a prova”. Quando o senador começou a apresentar suas provas, Humberto Costa afirmou “eu não acredito na sua prova”, e o presidente da CPI, Omar Aziz, passou a palavra a outro senador. O senador Girão, entretanto, insistiu e passou a ler suas provas, afirmando que não há dúvidas de que recursos federais foram utilizados pelo Consórcio Nordeste na compra, paga antecipadamente, de respiradores que nunca foram entregues. 

A senadora Eliziane Gama interveio para tentar impedir o debate relativo ao consórcio Nordeste, e afirmou que a CPI deveria se concentrar em denúncias da velha imprensa contra o presidente. Em seguida, o senador Eduardo Braga fez um veemente protesto contra ações de Omar Aziz que foram interpretadas como paroquiais e politiqueiras.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...