segunda-feira, 14 de junho de 2021

Senador Girão denuncia reuniões ocultas da cúpula da CPI e plano contra Bolsonaro: ‘Querem pegar um para Cristo’


Em coletiva de imprensa a respeito da CPI da Pandemia,  também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Eduardo Girão aventou o “derretimento” de credibilidade da Comissão Parlamentar de Inquérito em decorrência de atos de Renan Calheiros, Omar Aziz e Randolfe Rodrigues.

Dessa forma, o parlamentar denunciou como são obstadas as investigações referentes À corrupção e criticou o Supremo Tribunal Federal: “Frustrou as expectativas do povo brasileiro, que queria ouvir o primeiro governador. Após mais de um mês de trabalho. Até agora, essa CPI não quis olhar para a corrupção. O STF, que mandou essa CPI ser instalada, retira essa possibilidade”.

Ademais, o congressista fez severas críticas à condução da CPI, assestando, inclusive, a existência de reuniões ocorridas à parte: “Os requerimentos foram votados de forma açodada. Vejo isso como um desrespeito frontal. A gente vê que essa CPI faz o que quer. A cúpula da CPI se reúne entre eles e, de forma autoritária, diz qual é a pauta, aprova sem ver regimento interno. Não é à toa que essa CPI está caindo no descrédito. Ela demonstra falta de seriedade. É uma ‘sanha’ para justificar o viés político deles por uma questão politiqueira, eleitoral. Eles não têm nem o pudor de esperar que sejam avaliados nos prazos regimentais”.

Outrossim, Girão foi enfático ao abordar como o relatório da CPI já está pré-determinado: “A gente percebe que a CPI não quer olhar para a corrupção. Só querem pegar um para Cristo. Quis trazer a Polícia Federal e fiquei isolado (...). A CPI tem uma ‘sanha’, age de forma açodada, por isso que vem derretendo em credibilidade na opinião pública”.

Conforme o senador, o STF estaria atrapalhando o andamento da CPI para investigar a corrupção, ainda que tenha determinado a sua abertura: “Essa decisão do STF frustrou o povo brasileiro, que está na expectativa de ver a verdade, não apenas parte da verdade. A CPI não tem interesse em investigar corrupção. Está claro: a má vontade dela para isso. Infelizmente, as pessoas estão vendo que eles fazem o que querem, a cúpula manda e desmanda, não cumprem o regimento interno. O STF, que mandou abrir essa CPI, ele mesmo vai tirando. Vamos continuar insistindo para que a gente possa buscar justiça”.

Nesta toada, Girão voltou a apontar absurdos envolvendo governadores do Nordeste: “Sobre o Consórcio Nordeste, a cada dia, cresce a vontade da população de saber o que está acontecendo ali. Compraram respiradores na hora em que o povo nordestino mais precisava, mas não chegaram. Isso foi pago, quase R$50 milhões. Teve operação da polícia (...). Tem muita coisa nebulosa e a gente precisa buscar a verdade. Vou pedir voto nominal para ver exatamente quem quer blindar quem”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...