terça-feira, 15 de junho de 2021

Senador Girão empareda Omar Aziz pela convocação de Gabas na CPI para apurar corrupção


No decorrer de depoimento de Marcellus Campelo, ex-secretário de saúde do Governo do Amazonas, à CPI da Pandemia,  também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Eduardo Girão voltou a pressionar Omar Aziz pela votação da convocação de Carlos Gabas, diretor-executivo do Consórcio Nordeste.

Girão encetou: “Sem querer polemizar, queria entender, quando fiz a cobrança da votação do senhor Carlos Gabas, o senhor disse que recebeu um documento desse senhor e ainda não teve tempo para lê-lo. Que tipo de documento? Foi um requerimento formal ou informal, ao arrepio do conhecimento de nós senadores?”.

Neste contexto, o parlamentar salientou: “Vossa excelência sabe a importância da investigação dos bilhões de reais repassados a estados e municípios pelo Governo Bolsonaro”.

Em seguida, Omar Aziz o interrompeu e ambos discutiram a viabilidade da convocação de Carlos Gabas, degringolando para um bate-boca e ataques, por parte de Omar Aziz, contra o presidente Jair Bolsonaro.

O senador Marcos Rogério, por sua vez, criticou severamente: “Nós não usamos desse expediente com nenhum outro depoente, mandar documentos ou solicitar informações sob condição ‘A’ ou ‘B’. Seja de quem interessa ao governo, seja de quem é contra o governo. O procedimento de pedir documentos que podem afastar a vinda de um depoente não é algo que deve acontecer, pois foge ao devido processo”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...