quarta-feira, 2 de junho de 2021

Senador Marcos Rogério repudia reconvocação do ministro da Saúde de Bolsonaro e aponta operação da PF: ‘CPI virou um palanque político, um palco de absurdos’


Em entrevista coletiva, o senador Marcos Rogério criticou a proposta de reconvocar o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, à CPI. O senador apontou que as repetidas convocações não têm sentido e trazem prejuízo à sociedade, já que retiram o ministro da Saúde de seu trabalho em um momento tão importante. O senador lembrou ainda que a CPI precisa iniciar as oitivas de governadores e prefeitos e analisar os indícios de desvios de recursos federais que deveriam ser empregados no combate à Covid. 

O senador disse: “Veja: nós temos pela frente a oitiva dos governadores. Hoje nós tivemos operação da PF no estado do Amazonas, com a prisão do secretário de saúde do estado, prisão de empresários acusados de envolvimento em atos de corrupção e desvios de verbas públicas destinadas à Covid. Como que nós vamos fazer o ministro da Saúde parar a sua agenda de trabalho para vir à CPI? A CPI que virou um palanque político, a CPI que virou um palco de absurdos, a CPI que virou um lugar de horrores - de desrespeito, de maus tratos, de abuso de autoridade, de campanha do ódio -, que foi o que nós vimos ontem aqui. Então eu penso que, antes de trazer de volta o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deveríamos avançar com as apurações, com a busca das provas, das evidências, em relação aos estados e municípios”. 

O senador também explicou que a dra. Luana Araújo não trouxe qualquer evidência ou qualquer prova do cometimento de algum crime por parte do governo, a despeito dos repetidos esforços de senadores da oposição, como Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues: “O depoimento da dra. Luana tem 2 aspectos, aspecto técnico - pode trazer contribuições à compreensão dos senadores sobre o vírus e as formas de tratamento -, e, do ponto de vista do que a oposição está buscando retirar dela, dos fatos, das evidências, não acho que ela tenha trazido qualquer evidência, qualquer prova do cometimento de algum crime por parte do governo”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...