domingo, 20 de junho de 2021

URGENTE: Flávio Bolsonaro entra em confronto com Wilson Witzel na CPI e dá origem a tumulto


No decorrer do depoimento de Wilson Witzel, ex-governador do Rio de Janeiro, à CPI da Pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Flávio Bolsonaro retrucou Wilson Witzel e entrou em um bate-boca com o senador petista Rogério Carvalho ao redarguir acusações de Witzel ao presidente Jair Bolsonaro e à sua família.

Após Witzel acusar “politizações” no judiciário com vistas a persegui-lo, Flávio Bolsonaro salientou: “Ele [Witzel] foi afastado por decisão de um ministro do STJ. O afastamento foi prorrogado pela corte especial do STJ. O que ele está dizendo agora é que há um conluio do STJ para persegui-lo. Isso é muito grave. É preciso haver uma comunicação da CPI para o Superior Tribunal de Justiça para apurar o que está sendo trazido por ele”. 

Witzel fez insinuações de que Flávio Bolsonaro e o presidente Jair Bolsonaro teriam intimidado um porteiro e gritou com o parlamentar. Flávio Bolsonaro, por sua vez, rebateu: “Ele está usando meu nome. Eu tenho que responder. Está citando minha família, inclusive”. Ao ser interrompido pelo senador petista Rogério Carvalho, Flávio retrucou: “Sempre que meu nome for citado, irei responder”.

Aos gritos, Rogério Carvalho e Humberto Costa tentaram novamente impedir Flávio Bolsonaro de rebater Witzel. Omar Aziz e Renan Calheiros, em seguida, pediram que a palavra fosse concedida a Wilson Witzel.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...