quinta-feira, 10 de junho de 2021

‘Você não pode determinar a quebra de sigilo para bisbilhotar a vida de pessoas’, diz senador Marcos Rogério sobre CPI


O senador Marcos Rogério concedeu entrevista coletiva após a sessão da CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça”, e “Tribunal de Renan Calheiros”.  A sessão de hoje ouviria o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, mas ele obteve uma liminar do Supremo Tribunal Federal para não comparecer. 

Sem a presença do governador, a CPI teve uma sessão tumultuada, com a aprovação da quebra de sigilos de uma série de pessoas ligadas ao governo federal, inclusive o ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o ex-secretário Fábio Wajngarten. O senador Marcos Rogério afirmou: “é lamentável que a CPI tenha pego um atalho para buscar a quebra de sigilos de pessoas que sequer foram ouvidas no âmbito da CPI”. 

O senador explicou que toda quebra de sigilo deve ser fundamentada, por atingir direitos fundamentais das pessoas. O senador afirmou: “você não pode determinar a quebra de sigilo para bisbilhotar a vida de pessoas aleatoriamente”. Marcos Rogério acrescentou: “essa CPI, cada dia que passa, segue o caminho da ilegalidade, da arbitrariedade, do abuso de autoridade, do constrangimento ilegal”. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...