quarta-feira, 21 de julho de 2021

Bolsonaro rebate Barroso, do STF, e anuncia que convocará imprensa para demonstrar provas de fraudes em 2014


Durante entrevista que concedeu a uma rádio de Itapetininga e que transmitiu em suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro explicou o que pretende demonstrar em sua apresentação sobre o sistema eleitoral. Bolsonaro disse que vai apresentar uma prova de que, na eleição presidencial de 2014, houve uma distribuição de votos que era estatisticamente impossível. 

O presidente questionou: “Se tem mais uma maneira de comprovar a lisura, a transparência das eleições, por que você vai ser contra?”. Bolsonaro disse que, quando já estava tudo pronto para aprovar o projeto na comissão especial, o ministro Luís Roberto Barroso entrou em campo e alterou a situação. Bolsonaro perguntou: “o ministro Barroso vai para dentro do Congresso Nacional, faz reunião com lideranças partidárias, e, a partir daquele momento, as lideranças trocam os integrantes da comissão por pessoas que vão votar contra o voto impresso. Por que isso?”. 

Bolsonaro também questionou os argumentos relativos aos recursos necessários para implementar o voto impresso auditável, lembrando que o Congresso aprovou um fundão de 6 bilhões para os partidos. 

O presidente listou uma série de indícios de um movimento contra a transparência nas eleições,  e afirmou que vai apresentar mais uma novidade, na semana que vem. Bolsonaro disse: “nós vamos convidar a imprensa, e acho que uma hora e meia é mais do que suficiente para demonstrarmos e respondermos às perguntas sobre o que vamos apresentar”. O presidente alertou: “o que não podemos deixar acontecer é termos problema nas eleições do ano que vem”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...