quarta-feira, 14 de julho de 2021

Flávio Bolsonaro contesta Omar na CPI, bate boca com Alessandro Vieira e rebate Tebet


No decorrer de depoimento de Emanuela Medrades, diretora técnica da Precisa Medicamentos, à CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Flávio Bolsonaro contestou violações da CPI às prerrogativas de advogados de depoentes, discutiu com o senador Alessandro Vieira e contestou a senadora Simone Tebet.

Após Omar Aziz interromper a depoente, Flávio Bolsonaro contestou: “Estou vendo o senador Alessandro Vieira insistindo que o advogado não pode fazer nenhuma orientação. Eu acho que Lei Federal também vale aqui para esta CPI. Vamos ler o estatuto da OAB, Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil: falam exatamente que o advogado pode instruir a pessoa que está sendo ouvida sem problema nenhum. Não sei por que esta insistência”. Após Alessandro Vieira interromper Flávio Bolsonaro, Flávio retrucou: “Ele pode interromper sua cliente quando ele quiser, inclusive pelo microfone, por escrito ou verbalmente”.

Após Alessandro Vieira mandar Flávio continuar a ler para tentar aprender, Flávio rebateu: “Se o senhor puder ler, pelo menos, aprenda o que está falando”.

Em seguida, Emanuela Medrades desafiou Miranda para uma acareação: “Desafio o William Amorim e o Luís Ricardo Miranda a provarem que receberam (...), não vão conseguir. Estou disposta a fazer uma acareação”.

Os senadores Fernando Bezerra e Marcos Rogério apoiaram a acareação, sendo interrompidos pela senadora Simone Tebet. Flávio Bolsonaro a interrompeu apontando que não houve o pagamento de nem “um centavo” de dinheiro público, despertando a ira de Tebet. O senador Marcos Rogério, por seu turno, arguiu: “Temos de fazer a acareação. Temos de apurar a prova material. Estamos, aqui, com arautos da verdade na CPI. Quando um fala, dizem que é verdade. Quando outro fala o que não vai na linha dos que defendem ataques ao governo, está mentindo”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...