quinta-feira, 8 de julho de 2021

Senador Marcos Rogério dá lição de moral contundente para Omar Aziz na CPI e rebate ataques a Bolsonaro


Durante a sessão da CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Marcos Rogério deu uma contundente lição ao presidente da Comissão, o senador Omar Aziz. Marcos Rogério mencionou uma queixa de Aziz, que reclamou por ter sido criticado pelo presidente Jair Bolsonaro. 

O senador Marcos Rogério apontou a importância de se utilizar a mesma régua quando se critica e quando se é criticado. O senador descreveu como o presidente Aziz, que se ofendeu ao ser acusado, acusa veementemente mesmo que não tenha qualquer prova. O senador disse: “Queria dizer que não acho correto, adequado, se fazer acusações sem provas, sem evidências, seja contra quem for. Isso não é adequado. Mas a régua que mede o outro é a mesma que nos mede. Como julgamos, somos julgados, também”. 

Marcos Rogério apontou: “ontem, V. Exa. afirmou ao depoente que ele havia pedido propina. Disse na CPI e repetiu no plenário. Nós temos provas sobre isso? Onde está a prova dessa acusação? Quando julgamos sem lastro nas evidências, agimos com injustiça”. O senador acrescentou: “é uma acusação grave”, e lembrou a importância da presunção de inocência e do respeito às garantias fundamentais de todo cidadão. E lembrou: “Aqui na CPI, o que mais temos visto são acusações sem provas”. 

O senador Omar Aziz fez uma retratação sobre seus excessos, embora não tenha revogado a prisão do depoente de ontem. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...