quinta-feira, 8 de julho de 2021

Senador Marcos Rogério denuncia Omar Aziz no plenário do Senado após prisão na CPI e dá lição: 'É o derramar, decisão ilegal'


Durante a sessão plenária do Senado, o senador Marcos Rogério fez um apelo ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, para que anulasse a decisão do presidente da CPI da pandemia, Omar Aziz, de mandar prender o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, com base no depoimento de Dominguetti. 

O senador Marcos Rogério afirmou: “Esse é um dia triste para o Senado Federal. Me sinto triste de ver o cenário que nós estamos presenciando no âmbito daquela CPI”. O senador lembrou que uma comissão parlamentar de inquérito deveria ter o papel de investigar de forma imparcial, e não prejulgar quem quer que seja. O senador disse: “o que aconteceu hoje, na verdade, é o derramar de algo que já vem acontecendo ao longo dos dias”. 

Marcos Rogério alertou: “uma decisão ilegal deve ser atacada de maneira imediata para que não se perpetue nenhuma injustiça”. Lembrando que os cidadãos têm garantias constitucionais, o senador mostrou que o depoente já estava na condição de investigado, tendo em vista a quebra de sigilos, e não poderia ter sido preso nas condições em que foi. Marcos Rogério também lembrou que a CPI nem poderia estar funcionando, já que o Plenário estava em sessão.

O senador Marcos Rogério pediu ao presidente do Senado “que se revise esse ato arbitrário e ilegal no âmbito daquela CPI”. Ele acrescentou que “o ideal era que o próprio presidente da CPI pudesse fazê-lo”.  


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...