terça-feira, 3 de agosto de 2021

AGORA: Marcos Rogério reage e senadores batem boca após pedido de quebra de sigilo da Jovem Pan - CPI


Durante sessão da CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça”, e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Marcos Rogério reagiu aos requerimentos apresentados pelo relator, Renan Calheiros, que pediu a quebra de sigilos de diversos veículos de imprensa. Após a intensa repercussão negativa, Calheiros retirou um requerimento, mas o senador Marcos Rogério lembrou a importância de proteger direitos fundamentais. 

Marcos Rogério disse: “Antes de ser deputado federal, vereador, senador, sou jornalista. Para minha surpresa, extremamente desagradável, vi requerimento anunciado e pautado para a CPI de hoje, agora se anunciou sua retirada, onde se pretendia a quebra de sigilo de um dos grupos mais tradicionais da rádio brasileira, o grupo Jovem Pan. Para se investigar, o jornalista se vale do sigilo da fonte. O próprio requerimento é uma agressão direta à democracia, à liberdade de imprensa. Mesmo retirando no dia de hoje, o dano já está praticado. Já vi muitos parlamentares criticando o presidente Jair Bolsonaro por falas contra jornalistas”. 

O senador Marcos Rogério apontou que os requerimentos são uma ofensa, não apenas a ele como jornalista, mas como membro do Senado. O senador mostrou que o fundamento do requerimento era apenas uma cópia repetida diversas vezes, e que, mesmo sem fundamento, o requerimento foi apresentado. 

Marcos Rogério alertou: “estamos transformando a CPI da pandemia em CPI da fake news”. O senador lembrou que o relator, Renan Calheiros, “no âmbito da CPI, veiculou aqui uma das maiores fake news dessa pandemia - a dose de vacina a 150 dólares” e nunca se retratou. Marcos Rogério disse: “se há acusação de fake news, o mecanismo é outro: você contrapõe com a verdade, e não com quebra de sigilo, atingindo garantias constitucionais que são fundamento da democracia”. O senador resumiu, avisando que os requerimentos de Renan Calheiros são uma “agressão monumental a um dos pilares da democracia”. 

Senadores da oposição ao presidente Bolsonaro iniciaram, de pronto, um bate-boca.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...