segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Deputado de Bolsonaro, Luiz Lima escancara contradições de Moraes, do STF, aponta ‘perseguição seletiva’ e convoca para 7 de setembro


O deputado federal Luiz Lima, em vídeo divulgado por suas redes sociais, alertou para a situação de censura generalizada e apontou que as manifestações do dia 7 de setembro pedirão liberdade  de expressão. O deputado afirmou: “hoje não temos liberdade com nossas próprias palavras”.

O deputado lembrou que os ministros do Supremo não foram eleitos democraticamente, e questionou: “os ministros não tiveram nem um voto. Muitos deles não têm o equilíbrio e o conhecimento para exercer uma função, que, além de interpretar a constituição, ela preza pela defesa do nosso País. E eles prezam, unicamente, neste momento, pela defesa do Supremo Tribunal Federal”

Luiz Lima questionou por que não houve nenhuma ação por parte dos ministros do STF quando, em 2017, militantes invadiram a Esplanada dos Ministérios e depredaram o ministério da Agricultura, nem quando depredaram a fachada do prédio da ministra Carmen Lucia em Belo Horizonte. 

O deputado desabafou: “segundo os ministros, a liberdade de expressão não tolera pedido de fechamento do Congresso, ou fechamento do STF, mas tolera o pedido de derrubada do presidente da República, tolera cidadãos pedirem o assas*** do presidente do nosso País”. 

Luiz Lima conclamou: “Mas sigamos com a força de vontade, porque cada vez mais os brasileiros, e principalmente aqueles ingênuos brasileiros, principalmente a ingenuidade daqueles brasileiros que tiveram formação, tiveram estudo, mas têm medo de se expressar”. O deputado afirmou: “dia 7 de setembro é um movimento em relação à nossa liberdade. Não é contra o Supremo, não é contra ninguém. É a favor do Brasil”. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...