terça-feira, 28 de setembro de 2021

Bolsonaro faz pronunciamento ao lado de Arthur Lira em defesa da liberdade: ‘Não podemos falar que podemos viver se não tivermos a liberdade garantida’


O presidente Jair Bolsonaro participou da Cerimônia de Entrega do Residencial Dr. Marcelo Vilela, em Teotônio Vilela, Alagoas. O presidente falou sobre a importância da casa própria na vida da pessoa e da família, e lembrou que, quando assumiu, apenas 5% da obra tinha sido realizada, mas foi possível conseguir os fundos e concluir a obra com a ajuda do Legislativo. 

Bolsonaro aproveitou a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e de vários parlamentares, para fazer um apelo para que votem as mudanças na legislação que permitirão diminuir o preço dos combustíveis. Bolsonaro disse: “esse é o problema do dia. Todos os dias temos alguns problemas. Pegamos o Brasil com sérios problemas, éticos, morais e econômicos e, aos poucos, vamos, cada vez mais, nos livrando desses problemas”. 

O presidente falou sobre as consequências da pandemia que atingiu o mundo todo, afirmando que “a certeza de dias melhores para todos vem da fé de cada um de nós”. 

Bolsonaro enfatizou o pedido da população por liberdade de expressão, materializado nas manifestações do dia 7 de setembro. O presidente disse: “nas andanças pelo Brasil, a gente vê cada vez menos a cor vermelha e muito mais as cores verde e amarela. A nossa liberdade, a liberdade de expressão, que tem um projeto que está no Congresso Nacional que trata deste assunto, é a garantia de que nós viveremos a liberdade no nosso país. Obviamente, a consciência da população, como bem demonstrada no dia 7 de setembro, onde um movimento nunca visto nessa dimensão em nossa Pátria, o povo foi clamar por mais liberdade, por garantias de sua liberdade, e também pela liberdade de expressão. Tenho certeza de que esse projeto nosso também passará pela Câmara e pelo Senado, porque interessa a todos nós. Não podemos falar que podemos viver se não tivermos a liberdade garantida”. 

No dia 7 de setembro, milhões de brasileiros foram às ruas para pedir liberdade e o cumprimento da Constituição, com a garantia de direitos fundamentais que vêm sendo sistematicamente desrespeitados, em especial em meio à pandemia. O Brasil tem hoje presos políticos - inclusive um deputado federal, um presidente de partido e um jornalista -  e pessoas, canais e sites censurados. A Folha Política já teve todos os seus equipamentos apreendidos no âmbito de um inquérito conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Atualmente, toda a renda do jornal está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, do TSE, com o apoio e louvor do ministro Luís Roberto Barroso. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar o jornal a sobreviver, doe qualquer quantia pelo PIX, através do QR Code que está visível na tela, ou através do código ajude@folhapolitica.org. Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando fatos da política brasileira, cobrindo eventos dos três poderes e dando voz a pessoas que o cartel midiático do país não quer mostrar. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...