quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Senador Girão rebate Omar, Renan, Randolfe e petistas na CPI ao apontar ‘caçada’ à liberdade de expressão


Em pronunciamento na CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça”, e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Eduardo Girão retrucou ataques de senadores da oposição ao presidente Jair Bolsonaro e às manifestações agendadas para o dia 7 de setembro.

Neste contexto, o parlamentar fez uma grave admoestação contra os que tentam calar cidadãos, obstruir a liberdade de expressão e criminalizar manifestações populares. Dessa maneira, Girão advertiu para a “caçada” à liberdade de expressão que está sendo perpetrada por tribunais “superiores”, como o TSE e o STF: “Eu percebo, claramente, que nós estamos diante de muita mobilização legítima da população. Pode ter alguns setores que estão ‘turbinando’, isso a gente tem que investigar, mas é algo constitucional, a população manifestar o que está sentindo. Isso transcende essa questão de apoio ao governo neste momento. A gente vê uma caçada à liberdade de expressão, especialmente vinda dos tribunais superiores. Isso tem incomodado muito o cidadão de bem do Brasil”.

Outrossim, o congressista rebateu: “A gente deve resguardar o direito das pessoas de se manifestar. Estamos em um momento em que é importante que a gente perceba a gravidade de problemas como os aumentos, precisamos discutir isso, reformas importantes. [z26] Contudo, não podemos tachar devido a uma minoria. A grande maioria das pessoas que vejo se mobilizarem é pela liberdade de expressão, inclusive cobrando o Senado Federal, que saia da omissão. Que exerça o papel constitucional nosso que é analisar o impeachment de ministros do STF”.

Anteriormente, em pronunciamento no Plenário do Senado Federal, Girão salientou: “Eu vejo que milhões de cidadãos brasileiros, irão às ruas no próximo dia 7 de forma pacífica para defender um dos mais importantes direitos da democracia que se encontra ameaçado no Brasil, o direito à liberdade de expressão. Nós assistimos, Senador Reguffe, uma verdadeira caçada ideológica contra jornalistas, sites, blogs e produtoras que cometem, entre aspas, o ‘grave crime’ de difundirem ideias conservadoras ou de criticarem comportamentos abusivos de autoridades”.

Ademais, ele acrescentou: “ Junto com os Senadores Lasier Martins, Kajuru e Styvenson, nós demos entrada no pedido de impeachment do Ministro Alexandre de Moraes pessoalmente ao Presidente da Casa. E, num movimento organizado pelo comunicador Caio Coppolla, em poucos dias, foram recolhidas mais de 3 milhões de assinaturas, Senador Portinho, vindas do povo brasileiro, de todos os Estados da Nação. Só o Senado tem essa prerrogativa constitucional. Não se pode dela se eximir, definitivamente. O Brasil necessita de uma urgente pacificação. A paz não combina com omissão”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...