sexta-feira, 3 de setembro de 2021

URGENTE: Bolsonaro faz pronunciamento avassalador: ‘Ultimato do povo: respeitem a liberdade, curvem-se à Constituição’


O presidente Jair Bolsonaro discursou durante a cerimônia  de Assinatura do Contrato de Concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste I. O presidente lembrou que o Nordeste costumava ser usado com fins politiqueiros e isso mudou no seu governo. Bolsonaro respondeu ao pastor Silas Malafaia, que discursou antes dele, e disse: “Silas Malafaia, meu irmão, o Estado é laico, mas o presidente é cristão. Assim como vocês, acredita em Deus, defende a família e deve lealdade ao seu povo. Vocês são a minha base. Vocês são a base do Brasil. Vocês nos dão o norte, nos apontam para onde nós devemos ir”.

O presidente disse: “Como sempre, perguntam-me onde eu estarei no próximo dia 7. Como sempre, estarei onde o povo estiver. Não existe país melhor do que este. A nossa liberdade não tem preço. Tudo faremos, mais que a nossa própria vida, pela nossa liberdade. Porque a vida sem liberdade não existe. Se Deus quiser, no próximo dia 7 estarei pela manhã na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e à tarde, na avenida Paulista, em São Paulo. Quero falar a todos vocês que lá estarão, não para idolatrar um político, mas para mostrar a grandeza de um país e  a grandiosidade de seu povo. Nós não precisamos sair das quatro linhas da Constituição. Se alguém quiser jogar fora dessas quatro linhas, nós mostraremos que poderemos fazer valer, também, a vontade e a força do povo”. 

O presidente Jair Bolsonaro prosseguiu: “Após o 7 de setembro, que ficará para todos nós, com essa demonstração gigante de patriotismo, visto dos 4 cantos desse Brasil, eu duvido que aqueles um ou dois que ousam nos desafiar, desafiar a Constituição, desafiar o povo brasileiro, saberá… voltar para o seu lugar. Quem dá esse ultimato não sou eu. É o povo brasileiro. Povo esse ao qual não só eu, mas todos os políticos devem lealdade”.

O presidente relatou como seus ministros e os presidentes de estatais vêm trabalhando pelo povo em seu governo, ao contrário do que ocorria nos governos anteriores. Bolsonaro também criticou a atitude dos governadores e prefeitos que impuseram medidas ditatoriais ao povo, a pretexto de combater a pandemia, e disse: “mas nós vamos mudando o Brasil”.

Bolsonaro lembrou que já indicou dois ministros para o Supremo Tribunal Federal e que quem for eleito em 2022 indicará mais dois logo no início do mandato. Bolsonaro disse: “Para tudo nessa vida, é bom renovação. O Supremo começa a ser renovado também. 

Nós não criticamos instituições ou poderes, somos pontuais. Não podemos admitir que uma ou duas pessoas, com o uso da força, queiram dar outro rumo para o País. Essas uma ou duas pessoas têm que entender o seu lugar. E o recado de vocês, povo brasileiro, nas ruas, no dia 7 de setembro, será um ultimato para essas uma ou duas pessoas: curvem-se à Constituição, respeitem a nossa liberdade. Entendam que vocês estão no caminho errado, porque sempre dá tempo para se redimir”.

O presidente concluiu: “vamos derrotar aqueles que querem nos levar para o caminho da Venezuela. Não conseguirão. Nós somos a maioria, somos pessoas de bem, respeitamos as regras do jogo. Juntos, nós seremos vitoriosos. Peço a Deus, além de sabedoria, coragem para decidir”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...