quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Bolsonaro defende indicação de Mendonça ao Supremo e empareda Alcolumbre: ‘Por que essa mudança? O que ele quer?’


O presidente Jair Bolsonaro participou da Assembléia Convencional 2021 da igreja Assembléia de Deus em Manaus, quando fez um discurso à congregação. Durante seu discurso, o presidente mencionou sua indicação ao Supremo Tribunal Federal, que aguarda há meses que o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, senador Davi Alcolumbre, se digne a marcar a sabatina. 

O presidente lembrou um ditado que diz que, com péssimas leis e bons juízes, temos um futuro, mas, com excelentes leis e maus juízes, não temos futuro. O presidente afirmou que a indicação de André Mendonça “veio do coração”, e deu um conselho ao seu indicado: “nunca se esqueça do seu passado”, e “não esqueça das dificuldades que você passou”. O presidente acrescentou: “já sei quem você é e quem você será. Nada vai subir à sua cabeça”.

O presidente questionou os motivos para o adiamento indefinido da sabatina. Bolsonaro disse: “peço a Deus que ilumine os senadores”. O presidente apontou que a sabatina é um ato político, e afirmou: “ele tem tudo para ser aprovado, não justifica 3 meses de atraso”. Bolsonaro lembrou: “o presidente da CCJ foi meu aliado nos dois anos que esteve à frente do Senado. Por que essa mudança? Não sei. O que ele quer? Não sei”. O presidente observou que os cristãos são a maioria da população e perguntou: “por que não um evangélico com uma grande bagagem jurídica dentro do STF?”. E acrescentou: “Deus sempre é bem-vindo em qualquer lugar”. 

Nos últimos tempos, a liberdade de culto está sendo restringida no Brasil, assim como diversas outras liberdades, em especial a liberdade de expressão. Cidadãos e empresas são perseguidos em inquéritos secretos e sofrem com medidas abusivas como prisões, buscas e apreensões, censura, bloqueio de redes sociais, e até mesmo confisco de propriedade. 

A renda da Folha Política e de outros sites e canais está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo do ministro do STF Luís Roberto Barroso, que é também presidente do TSE. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...