quinta-feira, 7 de outubro de 2021

Bolsonaro faz intenso desabafo sobre tirania, Lula, Venezuela, CPI e ataques à liberdade


Em discurso durante a Cerimônia de Modernização de Normas de Segurança e Saúde no Trabalho, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre como seu governo vem tentando “tirar o Estado das costas” dos empresários e trabalhadores. Bolsonaro disse: “Como vencemos 2020, o ano da pandemia, com mais carteiras assinadas que no final de 2019? É fácil ser patrão no Brasil ou é difícil? Só quem é, ou já foi, pode dar a resposta. Imagine que isso aqui seria uma empresa. Um fiscal poderia entrar e ter mais de 43 itens para multar a empresa. Largura da porta, ventilação, água, altura do box, porosidade do papel higiênico. O cara vai arrumar meia dúzia de multas para o patrão. As consequências disso, não vou falar aqui. Rogério Marinho deu uma arrumada nessa questão. A missão do presidente é ajudar quem quer empreender, produzir, trabalhar”.

O presidente apontou que a legislação muitas vezes chega a ser impeditiva para o trabalho, e questionou: “Como o Brasil está dando certo ainda? É pela persistência. Imagine se tivesse uma legislação justa. Estaria voando. Como regra, com muitas exceções, se criava dificuldades para vender facilidades (...). Há monopólios. É fácil lutar contra monopólios? Não é. Há 90 anos, não se tinha uma crise hidrológica como essa no Brasil. Isso afeta a energia. Uma parte do diesel, somos obrigados a importar. Um ex-presidente bacana que tivemos no Brasil planejou 3 refinarias, duas no Nordeste e uma no Sudeste. Por questões políticas. Para atender ao petróleo vindo do seu amigo, Chávez, da Venezuela. O prejuízo, somando com a de Pasadena e outra, ultrapassou 230 bilhões de reais. Quem está pagando a conta? Você, que bota combustível no carro”.

O presidente ironizou a campanha que vem sendo feita pela velha imprensa em conjunto com institutos de pesquisa, e alertou sobre as narrativas criadas por eles. Bolsonaro disse: “E a gente vê, em certas pesquisas, que o cara ideal para combater é esse. Que tratava a coisa pública dessa maneira, que tinha um projeto de poder (...). Agora, ‘fake news’ é o que contraria a imprensa ou o G7 da CPI. Quem abre mão de parte de sua liberdade por segurança acabará sem liberdade e sem segurança”.

O presidente explicou as reações inflamadas ao seu governo: “A verdade dói. A cada vez que taco fogo em um ‘ninho de rato’, o mundo cai sobre minha cabeça. Querem o poder pelo poder. Sentar naquela cadeira e agir com honestidade é um castigo”.

Bolsonaro alertou ainda sobre o autoritarismo que se espalhou no mundo todo com o pretexto da pandemia, e em especial no Brasil. Ele disse: “Apareceram protótipos de ditadores no mundo todo. Uma insanidade. Como é fácil impor uma ditadura no Brasil. Será que temos de experimentar isso? Por outros. Por mim, não. Olha lá o que o outro lado fala: que temos que desarmar a população. Vocês não veem mais invasões no campo. Cadê o MST? Arranquei o dinheiro das ONGs que sustentavam essa gente. 

O presidente concluiu: “Quando eu era militar, achava que só quem está fardado serve à pátria. Não, quem está de paletó e gravata e faz um bom trabalho também serve à Pátria. Quem está de macacão na oficina. Quem está com uma boia na praia, o salva-vidas. Todos aqueles que fazem seu trabalho com honestidade, patriotismo, pensando na família e no próximo, faz um bom trabalho”.

A renda deste vídeo e de todos os outros da Folha Política está sendo confiscada, a mando do ministro Luís Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral, com o aplauso e apoio do ministro do STF, Luís Roberto Barroso, presidente do TSE. A decisão do ministro, sem base jurídica, manda confiscar toda a renda da empresa, para inviabilizar suas atividades. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a empresa a sobreviver, doe qualquer quantia pelo PIX, utilizando o QR Code visível na tela, ou o código ajude@folhapolitica.org. 

Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando fatos da política brasileira, cobrindo os três poderes e dando voz a pessoas que o cartel midiático não quer que sejam ouvidas. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...